terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Amores


Todos os dias vivemos como se fosse o último,
mas muitas das vezes não nos damos conta disso.
O tempo passou, mas as marcas ficaram alojadas em meu peito.
Dói lembrar do passado, as palavras mordazes que falamos.
Te vejo hoje e todo meu dia fica escuro.
já pedi a Deus para te esquecer, mas é muito forte pra simplesmente deixar...
Quanto tempo...que os meus dedos não escreviam palavras para ti.
Eu prometo que logo...logo te prometo deixarei de te amar.
Antes eu nem enxergava o futuro, hoje o tenho nas palmas das mãos.
Entendo por que Deus me deixou só a pensar, ele não queria que os meus sonhos acabassem...
Vivi tanto tempo em função desse amor, mas hoje sem não mais saber como dizer, começo novamente a dizer, vou te deixar naquele lugar a noite...inebriante lugar... doce lugar, descerei as escadas..., se eu me machucar ao descer saiba que ficarei de pé e conseguirei e você um dia terá notícias de um tempo de um lugar e que um dia eu te amei...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget