quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Edward Cullen - O Vampiro


Sabe ás vezes você se depara com situações assim. Muitas pessoas se apaixonaram por duas pessoas ao mesmo tempo e pessoas de personalidades distintas. E lendo e vendo filmes baseados na saga Twillight é que me veio a idéia de descrever a situação de Bella Swan. Quantas mulheres já não estiveram nessa situação de ter que escolher entre o vampiro ou o lobisomem.

E é nesse assunto que eu quero chegar, por que em se tratando do homem Vampiro - o Típico Edward Cullen - as mulheres descrevem como o homem perfeito aquele que você não conhece, mas quando olha pela primeira vez sabe que conhece ele de muito tempo.

Ele é o típico homem que te faz deixar tudo de si e querer viver o mundo dele, que te arrepia a espinha com seu mistério, por que você pensa que conhece, mas ao mesmo tempo é um estranho.
Você quer ouvir a música que ele escuta, quer dançar com ele, saber o que ele gosta de comer ou o que gosta de vestir...É o homem que te faz voar.

Cavalheiro, doce, sedutor... O homem para casar, mas isso não quer dizer que ele queira. Você é que faria tudo para casar com um homem assim e para o resto de sua vida. Com o passar do tempo você não só se apaixona, você ama ele e se anula, só respira se ele respirar.

E você se sente imortal com isso. Você sonha acordada com ele, desenha o futuro, quer estar sempre junta. Por que ele é inteligente, admirável, romântico, sincero. O homem que você quer apresentar para os pais, que te faz perder o equilibrio.

O vampiro da Saga Crepúsculo mostra isso o homem tradicional que quer levar a mulher para o altar, que tenta proteger que parece bonzinho, mas a qualquer momento pode te morder. Com uma habilidade incrível de ler mentes, ele sempre sabe o que você está pensando. O seu estilo é de um príncipe encantado, aquele que as mulheres sonham em ter.

Aquele que espera 80 anos para lhe conhecer(risos)ou você espera 80 anos para conhecer um homem assim. Até porque quem não gostaria de conhecer o seu príncipe encantado? O homem que mesmo não podendo estar perto, você quer pelo menos estar próxima.

Esse tipo de homem se enquadra no amor que você espera surgir do nada, mas é um risco esperar tanto assim.

Esse é o homem Edward Cullen, o vampiro...

Twillight


Estava eu lendo um dos livros da saga crepúsculo - twilligth -, o livro amanhecer e não tive como não analisar o âmbito da estória. Uma mulher que se apaixona por um vampiro e que ao mesmo tempo guarda dentro do seu coração um sentimento terno por um lobisomem.
Se acontecesse na vida real qual escolher, o vampiro ou o lobisomem? E para explanar bem isso começo pelo vampiro Edward Cullen e depois pelo lobisomem Jacob Black.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Não Dá Para Continuar


Escrevo e apago, mas o que eu quero é externar tudo isso que está guardado...
Estou com saudades e não dá para dizer que não. E quando estivermos juntos quero aproveitar o máximo... Rir muito contigo, te abraçar e te amar pra valer...
Conversar muito, por que é o que fazemos de melhor e mais te escutar para guardar tudo para resistir os dias sem você, lembrando de cada palavra para sustentar a ausência tua.
Quero ver o teu sorriso bonito, o teu jeito de me fazer rir, cuidar de você, te fazer feliz...
Humm, te dizer boa noite e que noite linda...fazer tudo com perfeição, me entregar e viver tudo isso de perto...
Quero dizer que é bom demais tudo com você...Quanto tempo perdi...
É tudo tão sem limites, quero te esconder para mim, faz tanto tempo que não sou feliz assim...
Eu não estou nem aí, por que com você é tudo bom, sonhar contigo é muito bom...
E sem você não dá para continuar, mas aceito o tempo que der é bom também te ter longe, da saudade um gostinho de quero mais... Estou com saudades vem logo pra mim...está ruim aqui sem você...

NO MEU CORAÇÃO AINDA É CEDO


Poesia de Carlos Eduardo

“Deixei a porta apenas encostada
pra que quando o amor chegar
possa entrar sem bater
possa sorrir ao me ver
possa dar-me um abraço demorado
e neste instante, apenas calado
sugerir enfim, sua eterna estadia
e o sentimento maior como hierarquia

O aroma estará perfeito, o coração intacto
a ternura refeita após mil pedaços
todo e qualquer fragmento de dor
terás um pedido: “saia, por favor”
estará escrito em meu olhar
“estou novamente a amar”
em meu caderno, a página final
de um nome, de um relação leal
de características que fincam o prazer de estar apaixonado
no poder do amor, que é o meu fiel aliado
na compreensão de estar fazendo realmente o melhor
pra vê-la feliz e tirar o sofrimento de ter ficado só
finalizado em noites de amor, carinhos e beijos
apertos, conversas e cheiros
desejos e cumplicidade
numa união de felicidade

Apenas entre eu e o amor...
a porta está aberta...
se aproxime, não tenha medo
pois no meu coração ainda é cedo”

(C. Eduardo™)

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Dor


Queria não ter te visto, não te ter ao alcance dos olhos
Mas não houve jeito...Não só te vi, mas te abracei
A sensação um gosto amargo, coração doente...

Te vi triste no escuro senti tuas lágrimas caindo
Não permiti que elas caíssem sobre mim
Mas outra vez tive a surpresa através de tempestades

Teus olhos são os mesmos há profundidade de pensamentos
Desatino é esse sentimento no meu peito que me afastou de Deus
E é escolha dele...

Queria poder ter tecolocado no meu colo e te ver descansar por entre os meus braços
Por vezes condenada a esse sentimento e é redenção, uma oração, um sonho
Deus fez nos colocou frente a frente e esqueci quem sou e o que vivia
transpôs as leis, tinha esquecido que você era o melhor...

Sofri quando te vi sofrer á carregar tamanha dor te vi em cinzas e não em pó
Que renasças então das cinzas e que aqueça teu frio coração, estarei sempre próxima
Noite por que procuras minha alma a entreguei a esse ser que insiste em chorar
Destes adeus e fostes forte...

Coluna improvável sentimentos que te entorpeceram a razão
Carne que é latente e me entristece, matei a minha em favor de ti e entreguei ao criador...
Sono e madrugada se juntaram e o que sairam delas foram palavras...
Palavras envolvidas a tristezas tuas... Tua dor virou dor, minha dor...

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Se eu pedir, cê volta


Achei essa música interessante e olha que nem perco muito tempo escutando música desse jeito. Em um momento de descontração com as minhas amigas no Mercado Velho, escutamos essa canção Dan, Bruna e Roberta sabiam a letra e eu fiquei pirando depois tentando encontrar a letra.

Quando paro de procurar sai ela em um programa de televisão e Dan achou a letra. A música é de composição de Marcos Cardoso e Jorge, interpretada por Jorge e Mateus.

Se Eu Pedir, Cê volta

Eu nem lembrava mais o gosto do seu beijo
Há tempo que a gente tava separado
Eu nem imaginava o quanto te desejo
Pensei que o nosso amor era caso encerrado

Foi só te ver de novo pra eu perceber
Que o meu coração, só sabe te querer
bateu uma saudades, uma louca vontade de amar você

Se eu pedir cê volta pro meu coração
pelo amor de Deus não me diga não
vem que tá na hora tá aberta a porta pra você entrar

Se eu pedir cê volta pro meu coração
pelo amor de Deus não me diga não
Vem que tá na hora a hora é agora pra você voltar.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

É ASSIM MESMO TODO MÊS

TPM em 4 fases


(procura-se o autor para entregar um prêmio)
Segundo a visão masculina, dividiu-se a TPM em 4 fases principais:

*Fase 1 - a Fase Meiguinha*
Tudo começa quando a mulher começa a ficar dengosa, grudentinha..
Bom sinal?
Talvez, se não fosse mais do que o normal.
Ela te abraça do nada, fala com aquela vozinha de criança e com todas as palavras no diminutivo..
A fase começa chegar ao fim quando ela diz que está com uma vontade absurda de comer chocolate.
O que se segue, é uma mudança sutil desse comportamento, aparentemente inofensivo, para um temperamento um pouco mais depressivo. *Fase 2 - a Fase Sensível*
Ela passa a se emocionar com qualquer coisa, desde uma pequena rachadura em forma de gatinho no azulejo em frente à prvada, até uma reprise de um documentário sobre a vida e a morte trágica de Lady Di. Esse estágio atinge um nível crítico com uma pergunta que assombra todos os homens, desde os inexperientes até os mais escolados como o meu pai:

- Você acha que eu estou gorda?

Notem que não é uma simples pergunta retórica.
Reparem na entonação, na escolha das palavras.
O uso simples do verbo 'estou' ao invés da combinação 'estou ficando', torna o efeito da pergunta muito mais explosiva do que possamos imaginar.
E essa pergunta, meus amigos, é só o começo da pior fase da TPM. Essa pergunta é a linha divisória entre essa fase sensível da mulher para uma fase mais irascível.

*Fase 3 - a Fase Explosiva*
Meus amigos, essa é a fase mais perigosa da TPM.
Há relatos de mulheres que cometeram verdadeiros genocídios nessa fase. Desconfio até que várias limpezas étnicas tenham sido comandadas por mulheres na TPM.
Exagero à parte, realmente essa é a pior fase do ciclo tepeêmico.
Você chega a casa dela, ela está de pijama, pantufas e descabelada.
A cara não é das melhores quando ela te dá um beijo bem rápido, seco e sem língua.
Depois de alguns minutos de silêncio total da parte dela, você percebe que ela está assistindo aquele canal japonês que nem ela nem você sabem o nome. Parece ser uma novela ambientada na era feudal.
Sem legendas...
Então, meio sem graça, sem saber se fez alguma coisa errada, você faz aquela famosa pergunta: 'Tá tudo bem?'
A resposta é um simples e seca: 'Ta' sem olhar na sua cara.
Não satisfeito, você emenda um 'Tem certeza?', que é respondido mais friamente com um rosnado baixo e cavernoso teenhoo.'. Aí, como somos legais e percebemos que ela não tá muito a fim de papo, deixamos quieto e passamos a tentar acompanhar o que Tanaka está tramando para tentar tirar Kazuke de Joshiro, o galã da novela que...

- Merda, viu!? - ela rosna de repente.

- Que foi?
A Fase Explosiva acaba de atingir o seu ápice com essa pergunta.
Sem querer, acabamos de puxar o gatilho.
O que se segue são esporros do tipo:
- Você não liga pra mim!
Tá vendo que eu tô aqui quase chorando e você nem pergunta o que eu tenho! Mas claro! Você só sabe falar de você mesmo!
Ah, o seu dia foi uma merda?
O meu também!
E nem por isso eu fico aqui me lamuriando com você!
E pára de me olhar com essa cara!
Essa que você faz, e você sabe que me irrita!
Você não sabe!
Aquele vestido que você me deu ficou apertado!
Aaaai, eu fico looooouca quando essas coisas me acontecem!
Você também, não quis ir comigo no shopping trocar essa merda!
O pior de tudo é que hoje, quando estava indo para o trabalho, um motoqueiro mexeu comigo e você não fez nada!
Pra que serve esse seu Jiu Jitsu?
Ah, você não estava comigo?
Por que não estava comigo na hora?
Tava com alguma vagabunda?
Aquela sua colega de trabalho, só pode ser ela.
E nem pra me trazer um chocolate!
Cala sua boca!
Sua voz me irrita!
Aliás, vai embora antes que eu faça alguma besteira.
Some da minha frente!

Desnorteado, você pede o pinico e sai.
Tenta dar um beijinho de boa noite e quase leva uma mordida.
*Fase 4 - a Fase da Cólica*
No dia seguinte o telefone toca.
É ela, com uma voz chorosa, dizendo que está com uma cólica absurda, de não conseguir nem andar.
Você vai à casa dela e ela te recebe dócil, superamável.
Faz uma cara de coitada, como se nada tivesse acontecido na noite anterior, e te pede pra ir à farmácia comprar um Atroveran, Ponstan ou Buscopan pra acabar com a dor dela.
Você sai pra comprar o remédio meio aliviado, meio desconfiado 'O que aconteceu?', você se pergunta. 'Tudo bem'. Você pensa: 'Acho que ela se livrou do encosto'.
Pronto!
A paz reina novamente.
A cólica dobra (literalmente) a fera e vocês voltam a ser um casal feliz.

Pelo menos até daqui a 20 dias...
P.S.: O PIOR NÃO É ISSO, O PIOR É QUE ELAS ESTÃO LENDO ISTO E ESTÃO DANDO RISADA!!!
ESTÃO DIZENDO, SOU ASSIM MESMO,

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Quando Acaba


Desculpe-me pela imagem, mas acontece assim mesmo! Essa seria a melhor definição fisicamente falando de quando uma relação acaba! Tá... que não tenho um motivo explícito de escrever sobre isso, mas vi uma música e fiquei pensando. Até por que, quantas vezes não vi isso acontecer?

Comigo? várias vezes... Não, que em todas tenha saído assim! Não, até por que vi muitos saírem assim! É... só sai assim umas cinco vezes e de verdade mesmo duas vezes. Uma por que realmente amava pra valer e outra por que sabia que estava magoando alguém que gostava de mim e que eu também gostava, mas no momento não o suficiente...

Finais de relacionamento são um dilema, cheio de lágrimas, tristezas, indecisões, mentiras, verdades que machucam a alma...
Uma parte ama mais, outra menos... dói muito, mas o importante é que ajuda a crescer...

A música que ouvi é do Exalta Samba com participação de Mariana Rios em comemoração dos 25 anos do Exalta Samba.
Quando vi o Tiaguinho cantando com a Mariana me arrepiei e fiquei pensando: Quem vai embora não tá nem aí, mas quem fica sofre muito...
É a vida. Como diria um amigo o que não mata fortalece... É pode até parecer engraçado, mas para quem passa deixa marcas que o tempo às vezes não apaga. Filosofias a parte a música se chama Viver Sem Ti e vai aí a música...

Viver Sem Ti (part. Mariana Rios)
Exaltasamba
(Thiaguinho)

Eu não vou saber viver sem ti...
O mundo não tem razão pra mim
Não me fale adeus,não vou ouvir
Não vou aceitar o fim...
(Mariana Rios)
Não me complica,não faz assim
Também não vai ser, fácil pra mim
Ensaiei tanto pra vir aqui
Infelizmente é o fim...
(Thiaguinho)
Me diz aonde foi que eu errei?
Eu já sei, tem outro alguém
Tentando atrapalhar
Nosso amor...
(Mariana Rios)
Calma, senta, não tem ninguém!
É pior tente entender
Eu não amo mais você
(Refrão)
Para por favor não vá!
Eu não quero te assustar
Mas não dá pra continuar
sem você!
Eu vou rezar por você
Por que sei que vai doer
Mais não dá pra continuar
Com você!
Eu vou chorar (Fazer o que?)
Vou lutar (Lutar pra que?)
Acabou...
Não acabou não...
Acabou sim!!!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Pássaro de Fogo

Eu ainda não tinha colocado a música que a Paula Fernandes fez para mim! (risos) brincadeirinha! Mas que a letra é linda isso não se pode negar!
Ofereço para pré-balzaquiana Camila Simão!

Pássaro de Fogo
Paula Fernandes
Composição: Paula Fernandes

Vai se entregar pra mim
Como a primeira vez
Vai delirar de amor
Sentir o meu calor
Vai me pertencer
Sou pássaro de fogo
Que canta ao teu ouvido
Vou ganhar esse jogo,
Te amando feito um louco
Quero teu amor bandido
Minha alma viajante, coração independente
Por você corre perigo
To afim dos teus segredos
De tirar o teu sossego
Ser bem mais que um amigo
Não diga que não
Não negue a você
Um novo amor
Uma nova paixão
Diz pra mim...
Longe do chão
Serei os seus pés
Nas asas do sonho rumo ao teu coração
Permita sentir
Se entrega pra mim
Cavalguei meu corpo a minha eterna paixão...
Vai se entregar pra mim
Como a primeira vez
Vai delirar de amor
Sentir o meu calor
Vai me pertencer
Sou pássaro de fogo
Que canta ao teu ouvido
Vou ganhar esse jogo,
Te amando feito um louco
Quero teu amor bandido
Minha alma viajante, coração independente
Por você corre perigo
To afim dos teus segredos
De tirar o teu sossego
Ser bem mais que um amigo
Não diga que não
Não negue a você
Um novo amor
Uma nova paixão
Diz pra mim...
Longe do chão
Serei os seus pés
Nas asas do sonho rumo ao teu coração
E me faz sentir
Se entrega pra mim
Cavalgue em meu corpo oh minha eterna paixão...
Longe do chão
Serei os seus pés
Nas asas do sonho rumo ao teu coração
E mi faz sentir
Se entrega pra mim
Cavalguei meu corpo a minha eterna paixão...

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

AMORES INIBIDOS




"Navego contra o mar
bem que eu queria estar agora
em abraços de calor
em um beijo sedutor

Tudo que eu mais queria
era estar amando um dia
que fosse...
pra sentir tudo de novo
pra vigorar no meu todo

Que uma paz que habita o meu ser
vai fazer valer a pena
num amor que me condena
a andar pelo vale da união
a seguir a tua direção

Faça meu corpo
flutuar por seu prazer
faça de minhas mãos
a doce presença de sua tentação
me proteja
com teu querer de não me deixar
e finque na tua pureza
toda vez que eu disser: ‘Vem me amar’
use-me como ponte ou elevação
pra passar pela serração
dos desejos contidos
do amores inibidos
da pós-valorização
a conquista
do excesso de caos
que te irrita
que haja um apogeu
a cada dia
e um objetivo
que possibilita
a supremacia de tudo o que se quer
como ter só você, mulher
como diva, musa inspiradora
como usurpadora
de meu melhor lado
pra estar sempre apaixonado”

(Kadu Oliveira™)


Uma linda poesia de alguém que há muito não postava e sempre tem aceitado meu convite para escrever. E só tem enriquecido esse pequeno espaço que fala de amor! um grande beijo Kadu!

OBRIGADO, VIDA MINHA




"Todas as luzes iram acender
quando o amor por aqui chegar
todas os detalhes irei escrever
pra minha memória redirecionar

Todas as cores irão vibrar
com a intensidade desse instante
vários sentimentos me colocar
como um raro amante

As canções mais sensíveis
parecerão meros relatos
de alguém que sofreu e se recuperou
do auge, da perda do amor
que me condicionou
a me tornar seu passageiro
devoto e mensageiro
das infinitudes que existem em cada relação
mostrando as diversidades
de cada coração

Se tornar introspectivo
as coisas do interior
fincam o objetivo
de viver novamente 'amor'
pois nada faria sentido
ter me magoado e esclarecido
todos os viés que me fizeram um dia chorar
mostrando que a paz e a alegria
estão perto de chegar

Obrigado, vida minha
por me dar a oportunidade
de ver toda essa realidade
de celebrar todos os sentimentos
pra ficar bem à vontade
reverenciar os bons momentos
e me amar de verdade."

(Kadu Oliveira™)

Outra linda poesia do meu querido e nobre de coração Kadu Oliveira, um amante incondicional do amor! bjos no coração meu amigo!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Mulher de 30 (por Mário Prata)



Sei que muito já falei sobre à mulher de 30, sei que sou uma pré-balzaquiana - não precisa me lembrar, estou a caminho - , mas não resisti em postar este texto de Mário Prata sobre a mulher de 30. Ele mandou legal em suas palavras, certamente ele encontrou sua balzaquiana...


O que mais as espanta é que, de repente, elas percebem que já são balzaquianas.Mas poucas balzacas leram A Mulher de Trinta, de Honoré de Balzac, escrito há mais de 150 anos. Olhe o que ele diz: ‘Uma mulher de trinta anos tem atrativos irresistíveis. A mulher jovem tem muitas ilusões, muita inexperiência. Uma nos instrui, a outra quer tudo aprender e acredita ter dito tudo despindo o vestido. (…) Entre elas duas há a distância incomensurável que vai do previsto ao imprevisto, da força à fraqueza. A mulher de trinta anos satisfaz tudo, e a jovem, sob pena de não sê-lo, nada pode satisfazer’.

Madame Bovary, outra francesa trintona, era tão maravilhosa que seu criador chegou a dizer diante dos tribunais: ‘Madame Bovary c’est moi’. E a Marilyn Monroe, que fez tudo aquilo entre 30 e 40? Mas voltemos a nossa mulher de 30, a brasileira-tropicana, aquela que podemos encontrar na frente das escolas pegando os filhos ou num balcão de bar bebendo um chope sozinha. Sim, a mulher de 30 bebe. A mulher de 30 é morena. Quando resolve fazer a besteira de tingir os cabelos de amarelo-hebe passa, automaticamente, a ter 40.

E o que mais encanta nas de 30 é que parece que nunca vão perder aquele jeitinho que trouxeram dos 20. Mas, para isso, como elas se preocupam com a barriguinha! A mulher de 30 está para se separar. Ou já se separou. São raras as mulheres que passam por esta faixa sem terminar um casamento. Em compensação, ainda antes dos 40 elas arrumam o segundo e definitivo. A grande maioria tem dois filhos. Geralmente um casal. As que ainda não tiveram filhos se tornam um perigo, quando estão ali pelos 35. Periga pegarem o primeiro quarentão que encontrarem pela frente. Elas querem casar.

Elas talvez não saibam, mas são as mais bonitas das mulheres. Acho até que a idade mínima para concurso de miss deveria ser 30 anos. Desfilam como gazelas, embora eu nunca tenha visto uma (gazela). Sorriem e nos olham com uns olhos claros. Já notou que elas têm olhos claros? E as que usam uns cabelos longos e ondulados e ficam a todo momento jogando as melenas para trás? É de matar.

O problema com esta faixa de idade é achar uma que não esteja terminando alguma tese ou TCC. E eu pergunto: existe algo mais excitante do que uma médica de 32 anos, toda de branco, com o estetoscópio balançando no decote de seu jaleco diante daqueles hirtos seios? E mulher de 30 guiando jipe? Covardia. A mulher de 30 ainda não fez plástica. Não precisa. Está com tudo em cima. Ela, ao contrário das de 20, nunca ficou. Quando resolve, vai pra valer. Faz sexo como se fosse a última vez. A mulher de 30 morde, grita, sua como ninguém. Não finge.

Mata o homem, tenha ele 20 ou 50. E o hálito, então? É fresco. E os pelinhos nas costas, lá pra baixo, que mais parecem pele de pêssego, como diria o Machado se referindo a Helena, que, infelizmente, nunca chegou aos 30? Mas o que mais me encanta nas mulheres de 30 é a independência. Moram sozinhas e suas casas têm ainda um frescor das de 20 e a maturidade das de 40. Adoram flores e um cachorrinho pequeno. Curtem janelas abertas. Elas sabem escolher um travesseiro. E amam quem querem, à hora que querem e onde querem. E o mais importante: do jeito que desejam.

São fortes as mulheres de 30. E não têm pressa pra nada. Sabem aonde vão chegar. E sempre chegam. Chegam lá atrás, no Balzac: ‘A mulher de 30 anos satisfaz tudo’. Ponto. Pra elas.

Contos de Fadas para Mulheres do Séc. 21


Olhando os blog's da vida encontrei mais um texto maravilhoso do Luíz Fernando Veríssimo, certamente que em favor das mulheres.


Primeiro Conto
*
Era uma vez uma linda moça que perguntou a um lindo rapaz: – Você quer casar comigo? Ele respondeu: – NÃO! E a moça viveu feliz para sempre, foi viajar, fez compras, conheceu muitos outros rapazes, visitou muitos lugares, foi morar na praia, comprou outro carro, mobiliou sua casa, sempre estava sorrindo e de bom humor, nunca lhe faltava nada, bebia cerveja com as amigas sempre que estava com vontade e ninguém mandava nela. O rapaz ficou barrigudo, careca, o pinto caiu, a bunda murchou, ficou sozinho e pobre, pois não se constrói nada sem uma MULHER. FIM!!!

Segundo Conto
*
Era uma vez, numa terra muito distante, uma linda princesa independente e cheia de auto-estima que, enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo estava de acordo com as conformidades ecológicas, se deparou com uma rã. Então, a rã pulou para o seu colo e disse: -Linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Mas uma bruxa má lançou-me um encanto e eu transformei-me nesta rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir um lar feliz no teu lindo castelo. A minha mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavarias as minhas roupas, criarias os nossos filhos e viveríamos felizes para sempre… E então, naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã à sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria e pensava: - Nem fo…den…do!

(por Luis Fernando Veríssimo)

Chove lá Fora


Lá fora gotas de saudades, vento frio e calmo...
Adormecer queria agora, mas a vontade que dá...
é de rasgar minha alma e introduzir o que de mim falta
Fazer meu desejo te procurar,
Silenciar e ao mesmo tempo gritar...
Aguçar meus sentidos, fazer paixão insana
Quebrar em meio a tempestade lá fora a fuga de não poder te amar
Vício? É te fazer bem...
Que o sol surja nesse momento e entre de uma vez no meu coração
Mas enquanto chove lá fora, vou pedir para você entrar
Ficar aqui comigo e esperar a chuva passar,
deixar essa chuva molhar o melhor de nós,
mais amor...
Folhas caem lá fora e o vento sopra, um sopro de inconstâncias...
Dor e água se misturam se unem
Preciso voltar a água e me misturar de vez, mas quero me misturar no teu âmago
e inventar algo melhor, levantar do chão e saltar sem mágoa
acabar com a tristeza sem falhas
ser igual e não maior, tintas derramadas no chão desenham a tua cor
Liberdade é me entregar e ser presa nos teus pensamentos
Sem defeitos nem dramas, sem segredos guardados
Cumplicidade enrolada a lealdade de ver
arranco os sonhos e jogo na rua em que a água arrasta com a força da chuva
Chuva onde estavas? Te procurei e me perdi e agora te achei é lindo te ver cair e ver a sensibilidade com que toca o chão
Meus olhos esperarão você passar e levar tudo que está envolvido o meu coração! Chuva...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Destino


Sopraram os ventos e me vi diante de você...
E tudo voltou... a tua presença me fez bem
e eu me entreguei sem pensar, sem saber dos teus reais segredos
Foi sem pensar, mas sei que foi bom foi intenso...
Com paixão você também se entregou para mim
Melhor do que a primeira vez, foi loucura, foi doce
Foi quente, mágico, longe e perto...
Foi me permitir sentir...
Cada toque, cada palavra, o desejo latente...
Nossos corpos molhados, tua boca...
Destino? Não sei explicar, se me perguntares, não saberei responder
Foi melhor que o sonho...
Decorei tudo para guardar na lembrança...
Cada toque, as linhas do teu corpo, o teu respirar
Cada beijo...
E os pensamentos do passado e do presente...
As carícias transformadas em códigos...
Queria encontrar uma canção que descrevesse tudo em mim
Têm coisas que não precisam ser ditas a paixão falou por si
Nos pertencemos por momentos únicos, paixão independente
Como esquecer de algo tão especial?
Foi primavera, foi dizer que sim
Foi abrir os olhos e te ver
Me deixar ser tua e me sentir segura
voar e deslizar por entre os ventos
Perder o medo e poder dizer que contigo eu quis estar
Acreditar sem saber onde chegar, sem me preocupar
E que ventos soprem e que o destino aconteça
Tudo antes que o dia amanheça, nós dois!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Paixões Antigas


Sabe aquelas situações na sua vida que acabam se repetindo? Pois é... ainda mais quando uma paixão de muito tempo atrás, resolve bater a porta.

Como diria nosso querido Tim Maia:"Paixão antiga sempre mexe com a gente é tão difícil esquecer. Basta um encontro por acaso e pronto começa tudo outra vez..."
É realmente parece que o tempo não passou. Você reencontra a pessoa e é tudo igual.

Quando conversava com minha amiga Lucélia falamos sobre as paixões da adolescência. Digo paixão, por que na adolescência é repleta de entregas.
Acontece muito, você se apaixona pelo seu meu melhor amigo, depois você já gosta de outro e quando menos se espera você descobre que ele se apaixonou por você, mas no seu coração já é tarde você ama agora outra pessoa.

Quantas paixões a adolescência trás e é mais veloz do que na infância. E quando derrepente você rever essa pessoa, isso anos depois. Imagine só, você senta aí em um lugar legal desses para conversar com esse amigo(a). Conversam e o papo ainda é o mesmo. Incrível a intimidade é a mesma. Mas você percebe que o tempo passou tanto para você, como para a outra pessoa. E as coisas estão melhor agora há maturidade de ambas as partes. Sabe em meio a conversa vocês lembram de tudo, de como era boa a amizade, os amigos em comum, a família, como foi em todo esse tempo...

Tudo é melhor, vocês muito aprenderam com o passar do tempo, não é mais como a infância onde tudo é mágico e puro. Não, a realidade é outra agora. Vocês não estudam mais juntos. Cada um tem uma profissão diferente. Tomaram rumos opostos, se relacionaram com pessoas diferentes. E olha só, vocês agora já tem quase 30.

Quantas experiências vocês tiveram neste período distantes, tanto assunto para conversar, uma noite é pouca, mas o prazer de estar junto é tão bom que o tempo passa sem se ver. Você diz que tem saudades daquele tempo, mas está amando ver aquela pessoa do jeito que está agora. Claro, nessa hora a curiosidade bate e você se pergunta: como seria estar com essa pessoa?

Digo isso, por que você não quer saber só da vida desta pessoa, você quer saber como é o prazer de hoje estar ao lado afetivamente.
Bom digamos, que na adolescência tinha o fogo da paixão, o prazer era intenso, cheio de cala frios e tremedeiras.E é claro agora é diferente você é mais segura(o), sabe que "o amor"(risos) vai ser bem melhor!

E realmente é! tão bom que você nem imaginava que esse reencontro fosse tão fascinante.Foi completo, por que vocês foram para um outro lugar e se deram a liberdade de outra vez se tocarem, o beijo ainda é o mesmo!Mas fazer amor é ainda melhor(risos). Depois do amor vocês lembram daquele filme que assistiram na escola, o filme? Antes do Amanhecer...

Esse filme - Antes do Amanhecer, fala de um casal que se conhece por acaso dentro de um trem e passam momentos maravilhosos juntos em Viena. E prometem um ao outro de se verem depois, para recordarem tudo e viverem intensamente outra vez...

Nessa hora,... vocês estão de mãos dadas e dando boas risadas de tudo... Bom e o final se decide depois, se ambos são maduros deixa as coisas acontecerem. Sabe, vou dizer algo, depois de tudo você se pergunta: "Como seria se tivéssemos nos dado o prazer de ficarmos juntos? Mas não se pode voltar atrás, então agora é só aproveitar, deitar e deixar rolar!

Dedico esse texto a você Lucélia e é claro há uma pessoa muito especial...A.K.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Sorrisos


Ontem saímos da aula com meus amigos Mosqueteiros - é aquela estória de um por todos, todos por um - saímos sem rumo e sem direção e acabamos no mesmo lugar. Já virou escritório "o tabernas". No meio do caminho, dentro do carro do Andrey, a nossa querida Bruna - uma das integrantes mais intrigantes de todos os mosqueteiros - falou algo de que ninguém dobrava ela, isso depois de um comentário meu:"...a Bruna tem um jeito tão mandona!" Bom aí nossa outra integrante dos Mosqueteiros, a Roberta, respondeu rapidamente: É eu sei quem é que te dobra e faz um origame!
Nessa hora, todo mundo deu muitas risadas, o Andrey amou a frase da Roberta!
Só sei dizer que lá, fora os risos, em meio as músicas do Christian e Ralf, cantadas pelo Mauro, comecei a transcorrer a caneta em um lenço de papel que estava sobre a mesa e falei sobre Sorrisos, mas havia muita tristeza na poesia. Esqueci a poesia lá, por isso não dá para postar!
E foi essa a noite! Maravilhosa Noite!

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Vento no Litoral


Sonhei com ele e passei a manhã lembrando...
Engraçado é que desenterrei por alguma causa. É... a pessoa que mais se assemelhava a ele não houve circunstâncias convenientes para que fosse algo especial.Talvez seja por isso desenterrar o passado. Essa para mim é a música que nos descreve. Olhei suas fotos e vi que em uma delas ele viu o mar e segurava uma estrela do mar, tudo bem não era um cavalo marinho, mas pensei será que nessa hora ele lembrou de tudo? Quando viu aquelas águas? Eu certamente me lembraria. Por mais que estivesse ao meu lado outra pessoa pensaria nele e lembraria de cada palavra. Há o amor! Vai entender!?

Legião Urbana
Composição: Renato Russo

De tarde quero descansar
Chegar até a praia e ver
Se o vento ainda esta forte
E vai ser bom subir nas pedras

Sei que faço isso pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...

Agora está tão longe
ver a linha do horizonte me distrai
Dos nossos planos é que tenho mais saudade
Quando olhávamos juntos
Na mesma direção
Aonde está você agora
Alem de aqui dentro de mim...

Agimos certo sem querer
Foi só o tempo que errou
Vai ser difícil sem você
Porque você esta comigo
O tempo todo
E quando vejo o mar
Existe algo que diz
Que a vida continua
E se entregar é uma bobagem...

Já que você não está aqui
O que posso fazer
É cuidar de mim
Quero ser feliz ao menos,
Lembra que o plano
Era ficarmos bem...

Eieieieiei!
Olha só o que eu achei
Humrun
Cavalos-marinhos...

Sei que faço isso
Pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

MSN'S


Realmente é um barato esse lance de msn. Quando comecei acessar achava tudo meio estranho, mas depois cai na onda. Aí um "amigo", amizade meio colorida, o Dr. William me manda um e-mail com o texto do querido Arnaldo Jabor, que já sou fã de carteirinha, sobre o msn. O barato da questão é que tinha acabado de escrever: "Clube da Luluzinha, muito filme româtico e muita pipoca". Fiz uma análise de mim mesma: Solteiras, desesperadas, querendo chorar e engordar...Claro que não é essa a verdade, isso seria alguém que analisasse minha frase. Na verdade estou vivendo a melhor fase da minha vida, estou amando está sozinha, nunca tinha me dado essa chance. E certamente minhas amigas também!(risos)


MSN'S
por Arnaldo Jabor

Sempre odiei o que a maioria das pessoas fazem com os seus MSN's.
Não estou falando desta vez dos emoticons insuportáveis que transformaram a leitura em um jogo de decodificação, mas as declarações de amor, saudades, empolgação traduzidas através do nick.

O espaço 'nome' foi criado pela Microsoft para que você digite O NOME que lhe foi dado no batismo. Assim seus amigos aparecem de forma ordenada e você não tem que ficar clicando em cima dos mesmos pra descobrir que 'Vendo Abadá do Chiclete e Ivete' é na verdade Tiago Carvalho, ou 'Ainda te amo Pedro Henrique' é o MSN de Marcela Cordeiro. Mas a melhor parte da brincadeira é que normalmente o nick diz muito sobre o estado de espírito e perfil da pessoa. Portanto, toda vez que você encontrar um nick desses por aí, pare para analisar que você já saberá tudo sobre a pessoa...

'A-M-I-G-A-S o fim de semana foi perfeito!!!' acabou de entrar. Essa com certeza, assim como as amigas piriguetes (perigosas), terminou o namoro e está encalhadona. Uma semana antes estava com o nick 'O fim de semana promete'. Quer mostrar pro ex e pros peguetes (perigosos) que tem vida própria, mas a única coisa que fez no fim de semana foi encher o rabo de Balalaika, Baikal e Velho Barreiro e beijar umas bocas repetidas.
O pior é que você conhece o casal e está no meio desse 'tiroteio', já que o ex dela é também conhecido seu, entra com o nick 'Hoje tem mais balada!', tentando impressionar seus amigos e amigas e as novas presas de sua mira, de que sua vida está mais do que movimentada, além de tentar fazer raiva na ex.

'Polly em NY' acabou de entrar. Essa com certeza quer que todos saibam que ela está em uma viagem bacana. Tanto que em breve colocará uma foto da 5ª Avenida no Orkut com a legenda 'Eu em Nova York'. Por que ninguém bota no Orkut foto de uma viagem feita a Praia-Grande - SP ?

'Quando Deus te desenhou ele tava namorando' acabou de entrar. Essa pessoa provavelmente não tem nenhuma criatividade, gosto musical e interesse por cultura. Só ouve o que está na moda e mais tocada nas paradas de sucesso. Normalmente coloca trechos como 'Diga que valeuuu' ou 'O Asa Arreia' na época do carnaval.

Por que a vida faz isso comigo?' acabou de entrar. Quando essa pessoa entrar bloqueie imediatamente. Está depressiva porque tomou um pé na bunda e irá te chamar pra ficar falando sobre o ex.

' Maria Paula ocupada prá c** ' acabou de entrar. Se está ocupada prá c**, por que entrou cara-pálida? Sempre que vir uma pessoa dessas entrar, puxe papo só pra resenhar; ela não vai resistir à janelinha azul piscando na telinha e vai mandar o trabalho pro espaço. Com certeza.

'Paulão, quero você acima de tudo' acabou de entrar. Se ama compre um apartamento e vá morar com ele. Uma dica: Mulher adora disputar com as amigas. Quanto mais você mostrar que o tal do Paulão é tudo de bom, maiores são as chances de você ter o olho furado pelas sua amigas piriguetes (perigosas).

'Marizinha no banho' acabou de entrar. Essa não consegue mais desgrudar do MSN. Até quando vai beber água troca seu nick para 'Marizinha bebendo água'. Ganhou do pai um laptop pra usar enquanto estiver no banheiro, mas nunca tem coragem de colocar o nick 'Marizinha matriculando o moleque na natação'.

' < . ººº< . ººº< / @ || e $ $ ! || |-| @ >ªªª . >ªªª >' acabou de entrar. Essa aí acha que seu nome é o Código da Vinci pronto a ser decodificado. Cuidado ao conversar: ela pode dizer 'q vc eh mtu déixxx, q gosta di vc mtuXXX, ti mandá um bjuXX'.

'Galinha que persegue pato morre afogada' acabou de entrar. Essa ai tomou um zig e está doida pra dar uma coça na piriguete que tá dando em cima do seu ex. Quando está de bem com a vida, costuma usar outros nicks-provérbios de Dalai Lama, Lair de Souza e cia.

'VENDO ingressos para a Chopada, Camarote Vivo Festival de Verão, ABADÁ DO EVA, Bonfim Light, bate-volta da vaquejada de Serrinha e LP' acabou de entrar. Essa pessoa está desesperada pra ganhar um dinheiro extra e acha que a janelinha de 200 x 115 pixels que sobe no meu computador é espaço publicitário.

'Me pegue pelos cabelos, sinta meu cheiro, me jogue pelo ar, me leve pro seu banheiro...' acabou de entrar. Sempre usa um provérbio, trecho de música ou nick sedutores. Adora usar trechos de funk ou pagode com duplo sentido. Está há 6 meses sem dar um tapa na macaca e está doida prá arrumar alguém pra fazer o servicinho.

'Danny Bananinha' acabou de entrar. Quer de qualquer jeito emplacar um apelido para si própria, mas todos insistem em lhe chamar de Melecão, sua alcunha de escola. Adora se comparar a celebridades gostosas, botar fotos tiradas por si mesma no espelho com os peitos saindo da blusa rosa. Quer ser famosa. Mas não chegará nem a figurante do Linha Direta.

Bom é isso, se quiserem escrever alguma mensagem, declaração ou qualquer coisa do tipo, tem o campo certo em opções 'digitem uma mensagem pessoal para que seus contatos a vejam' ou melhor, fica bem embaixo do campo do nome!! Vamos facilitar!!!!

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Palavras por Palavras


Palavras às vezes são tão vazias...
Quem diz algo pode nem sempre ser verdade...
Estava a olhar as suas fotos e ver teu doce olhar
Por que você mexe com os meus sentimentos?
Será que há algo aqui dentro que eu não entendo?
A culpa não é minha quem se afastou foi você
A minha vontade é ouvir sua voz e dizer a você: vem pra mim...
Mas você está tão distante...
Queria que fosses, queria te ajudar, segurar na sua mão
Queria te tirar da cabeça e apagar o que nem mesmo aconteceu
Há noite por que amo sem saber este ser que nem lembra de mim?
Tua pele, tua boca, teu calor queria mais uma vez sentir...
O que serás que pensas agora?
O medo que me corrói...preciso te esquecer dar um ponto final
o seu desprezo já deixou marcas em mim,
Será que isso nunca vai ter fim
Meu coração quer ouvir para não sofrer...
Queria que você me dissesse, mas acho que já falou
é tão indeciso, o que fazer para não sofrer?
A música nada quer dizer, mas me lembro de você
Se não for com você não serve
Te quero tanto que se torna loucura , paixão...
Por um tempo quase te esqueci
E aí você voltou tão veloz
Eu sei a culpa é minha,
fui atrás de você e te procurando em cada lugar
Solidão sem você
Está tudo estranho aqui, tudo estranho
Ouvi falar que estavas bem,
A partir de agora desisto de você
Não quero mais chorar...
Adeus!

Adeus

terça-feira, 26 de outubro de 2010

A Esperar


Escolhas me perseguem, noites mal dormidas
Os sonhos me apavoram me intrigam
e eu te vi neles e me torturei, pois tive medo
Medo da sua resposta, medo de não saber o que pensas
Atitudes insanas minhas eu sei, não sou capaz
Fugi e ainda fujo...
Quero chorar, mas as lágrimas não caem
Conquistas, dor... já tive demais
Meu desejo? te amar, mas não sei se amo
Tentei encontrar alguém, igual a você
o teu sorriso, a tua conversa não encontrei
Meu coração? está em pedaços e eu que pensava que estava tudo certo
Coloquei uma máscara em mim mesma para esconder a minha dor
cuidando e cuidando, mas menos de mim
Queria está contigo, mas tenho medo
Você foi a melhor coisa que já me aconteceu
é o meu jeito de viver o amor
cantar para ti, te fazer dormir
Seria a melhor maneira de me fazer feliz
Te fazer feliz, mas tenho medo
Coração sem rumo sem direção é assim que eu estou
Querendo me rasgar por dentro, te procurando por dentro
Queria tanto te ver, ver o teu olhar
Por que tem que ser assim?
Meus sonhos? Jogados ao vento, inconstantes, viajantes...
Eu te amei, mas não sei se amo ainda
o que me resta esperar, te esperar

Sobrenatural


Ontem ouvi palavras de Deus que me abalaram por dentro...
E esses dias escutei uma canção que mexeu muito comigo
é uma linda canção da Cassiane - De uma Forma Diferente!

De Uma Forma Diferente
Cassiane
Talvez você quisesse dar um tempo
Abandonando o que Deus tem pra você
Talvez sofreu um preconceito
Do próprio irmão do lado que não soube te entender
Talvez feriram o teu sentimento
Te humilharam até enfraquecer (ééh)
Mas o passado não importa no momento
Porque teu Deus hoje vai te surpreender.(oouh)

Olha esse mar abrindo agora em tua frente
Deus vai te exaltar de uma forma diferente
Deixa a dúvida de lado e passe acreditar

Quando Ele fala cumpre, porque é promessa
Quando Ele escolhe honra faz vencer a guerra
A ordem já foi dada chega de chorar
Quem te humilhou vai ter que te honrar
A mesa está posta, pode se assentar
De hoje em diante, é so glorificar
E Deus vai se apresentar de um modo tão tremendo
Aqui neste lugar.

Talvez feriram o teu sentimento
Te humilharam até enfraquecer. (hum,)
Mas o passado não importa (não importa, não)
Porque teu Deus hoje vai te surpreender.


Olha esse mar abrindo agora em tua frente
Deus vai te exaltar de uma forma diferente
Deixa a dúvida de lado e passe acreditar

Quando Ele fala cumpre, porque é promessa
Quando Ele escolhe honra faz vencer a guerra
A ordem já foi dada chega de chorar
Quem te humilhou vai ter que te honrar
A mesa está posta, pode se assentar
De hoje em diante, é so glorificar
E Deus vai se apresentar de um modo tão tremendo
Aqui neste lugar.

Quando Ele fala cumpre, porque é promessa
Quando Ele escolhe honra faz vencer a guerra
A ordem já foi dada chega de chorar
Quem te humilhou, vai ter que te honrar

Quando Ele fala cumpre, porque é promessa
Quando Ele escolhe honra faz vencer a guerra
A ordem já foi dada chega de chorar
Quem te humilhou, vai ter que te honrar
A mesa está posta, pode se assentar
De hoje em diante, é so glorificar
E Deus vai se apresentar de um modo tão tremendo
Aqui neste lugar.


Deus vai se apresentar,
Aqui neste lugar.
Aqui neste lugar.

http://www.vagalume.com.br/cassiane/de-uma-forma-diferente.html#ixzz13UqzobJG

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Amor de Infância


Neste final de semana propriamente no domingo, fomos ao culto Lú e eu.O culto foi maravilhoso um culto de missões. Estava muito cansada, mas mesmo assim fomos dar uma esticadinha até a pizzaria. Lá começamos um papo super cabeça e mega coração.
Depois da pizzaria fomos até a uma sorveteria - doce cai bem nessas horas -
saboreando uma banana split, coberto com muito chantilly, começamos um momento nostalgia.
Lembramos de quanto éramos inseguras, quando vivemos o primeiro amor.As borboletas no estômago, o modo como os meninos nos olhavam e como eles choravam - é talvez só nesse tempo mesmo para ver um homem chorando - e nessa hora fui ouvinte de uma longa conversa.
Comparando aos amores de hoje posso ver que sofremos da mesma forma, sentimos as borboletas do mesmo jeito e as vezes dói mais. Claro quantos homens fizemos sofrer. E como éramos felizes e não sabíamos. Hoje, eles mentem, enganam, machucam bem mais. Só que com o tempo aprendemos a ser mais seguras e a dizer não - o que não acontecia na adolescência - por medo de perder. Agora dizemos, ainda que com o coração na mão, "quer ir embora vai".
Não é fácil amar em nenhuma idade, os homens não mudam com o tempo, mas de uma coisa tenho certeza, com a maturidade sabemos o que queremos, as lágrimas até podem vir, mas com classe enxugamos elas e falamos em voz alta vai passar, tudo isso vai passar.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Bunda Dura - Arnaldo Jabor


Fiquei tão fascinada pelos textos deLuíz Fernando Veríssimo que esqueci os textos extraordinários de Arnaldo Jabor, e aí mais um de seus textos!

BUNDA DURA (Arnaldo Jabor)
Tenho horror a mulher perfeitinha. Sabe aquele tipo que faz escova toda manhã, tá sempre na moda e é tão sorridente que parece garota-propaganda de processo de clareamento dentário? E, só pra piorar, tem a bunda dura!!!
Pois então, mulheres assim são um porre.. Pior: são brochantes. Sou louco?
Então tá, mas posso provar a minha tese. Quer ver?
a) Escova toda manhã: A fulana acorda as seis da matina pra deixar o cabelo parecido com o da Patrícia de Sabrit. Perde momentos imprescindíveis de rolamento na cama, encoxamento do namorado, pegação, pra encaixar-se no padrão 'Alisabel', que é legal... Burra.
b) Na moda: Estilo pessoal, pra ela, é o que aparece nos anúncios da Elle do mês. Você vê-la de shortinho, camiseta surrada e cabelo preso? JAMAIS! O que indica uma coisa: ela não vai querer ficar desarrumada nem enquanto estiver transando.
c) Sorriso incessante: Ela mora na vila dos Smurfs? Tá fazendo treinamento pra Hebe? Sou antipático com orgulho, só sorrio para quem provoca meu sorriso.. Não gostou? Problema seu. Isso se chama autenticidade, meu caro. Coisa que, pra perfeitinha, não existe. Aliás, ela nem sabe o que a palavra significa... Coitada.
d) Bunda dura: As muito gostosas são muito chatas. Pra manter aquele corpão, comem alface e tomam isotônico, portanto não vão acompanhá-lo nos pasteizinhos nem na porção de bolinho de arroz do sabadão. Bebida dá barriga e ela tem H-O-R-R-O-R a qualquer carninha saindo da calça de cintura tão baixa que o cós acaba onde começa a pornografia: nada de tomar um bom vinho com você. Cerveja? Esquece!
Portanto: É melhor vc ter uma mulher engraçada do que linda, que sempre te acompanha nas festas, adora uma cerveja,gosta de futebol, prefere andar de chinelo e vestidinho, ou então calça jeans desbotada e camiseta básica , faz academia quando dá, come carne, é simpática, não liga pra grana, só quer uma vida tranqüila e saudável, é desencanada e adora dar risada; Do que ter uma mulher perfeitinha, que não curte nada, se veste feito um manequim de vitrine, nunca toma porre e só sabe contar até quinze, que é até onde chega a seqüência de bíceps e tríceps. Legal mesmo é mulher de verdade. E daí se ela tem celulite? O senso de humor compensa. Pode ter uns quilinhos a mais, mas é uma ótima companheira. Pode até ser meio mal educada quando você larga a cueca no meio da sala, mas e daí? Porque celulite, gordurinhas e desorganização têm solução. Mas ainda não criaram um remédio pra FUTILIDADE!Nem pra dela, nem pra sua!

E tem outra …. mulher bonita demais e melancia grande, ninguém come sozinho!!!!!!!

(Arnaldo Jabor)

Moral da História: As verdadeiras mulheres (mulheres simples) são as melhores

Frases de Balzac


Para não perder o derrepente 30, nada melhor que Balzac em seu livro quando escreve: "Uma mulher de trinta anos tem atrativos irresistíveis para um rapaz... obedece a um sentimento consciente. Escolhe... dando-se. A mulher experiente parece dar mais do que ela mesma, ao passo que a jovem, ignorante e crédula, nada sabendo, nada pode comparar nem apreciar... Uma mulher... se esconde sob mil véus... Afaga todas as vaidades... Chegando a essa idade, a mulher sabe consolar em mil ocasiões em que a jovem só sabe gemer. Enfim, além de todas as vantagens de sua posição, a mulher de trinta anos pode se fazer jovem, desempenhar todos os papéis, ser pudica e até embelezar-se com a desgraça", esse é Balzac!

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Só mais palavras


Hoje veio um vento tão bom, notícias de coisas novas!
E conversando com a minha amiga Lú do nada lembrei do passado e recordei uma canção à tanto esquecida na memória. E ressurgiu como vento impetuoso. Espero que gostem é a canção do Legião Urbana - Quando Você Voltar. Dedico ela a minha amiga Lú!

Quando Você Voltar
Legião Urbana
Composição: Renato Russo

Vai, se você precisa ir
Não quero mais brigar esta noite
Nossas acusações infantis
E palavras mordazes que machucam tanto
Não vão levar a nada, como sempre
Vai, clareia um pouco a cabeça
Já que você não quer conversar.
Já brigamos tanto
Mas não vale a pena
Vou ficar aqui, com um bom livro ou com a TV
Sei que existe alguma coisa incomodando você
Meu amor, cuidado na estrada
E quando você voltar
Tranque o portão
Feche as janelas
Apague a luz
e saiba que te amo...

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Vento


As horas passam rápido e nada de te ver
Onde será que está agora?
O tempo mudou e o gosto de rosas veio a boca
Onde foi parar o amor?
Derrepente a sensação da angústia predomina
Medo até do tempo lá fora
Sentei na janela e vi a vida passar por instantes
não posso dizer que não me vi a passar pela janela
Aproveitei cada instante..., mas hoje é você que está aqui
vejo rosas e sinto cheiro suave que entra
um cheiro terno, um cheiro bom
vou abrir a janela, mas dessa vez é para você entrar
Sinto o vento e o seu cheiro está nele...
Estou calma aguardo calmamente...com sentimentos tórridos
Quando você chegar dentro de mim fará festa
e vou aproveitar cada instante teu, não vejo a hora de tocar tua face e ver o sol refletir em teus olhos...
Verei em ti a pureza de um tempo bom e a malícia dos meus desejos
Esperarei, o vento forte já passou...
Quero sentir agora a brisa desse amor
E que cada sopro seja um pouco de ti a encher os espaços vazios que ainda existem de mim...
Vai ser bom te ter de novo, hoje vejo o fim de uma tristeza
não haverá montanhas, e sim terra plana
vou poder te conhecer, uma chama, um rio
Que sopre o vento em favor de nós, que sopre o vento...

Balzaquianas Perigosas


Nesta nova fase descubro a cada dia novas coisas sobre a mulher de 30. Em uma delas descobri que elas são entituladas por balzaquianas. Estranhissímo o nome corri para o google, atrás de saber mais sobre o que é ser balzaquiana.
O termo refere-se à obra do escritor francês Honoré de Balzac, que escreveu "A Mulher de 30 anos". Em seu livro, Balzac faz uma apologia às mulheres de mais idade que, emocionalmente amadurecidas, podem viver o amor com maior plenitude -em completa oposição a tradicional figura da moça romântica que nos livros tinham no máximo 20 anos.
Sua personagem principal, Júlia d`Àiglemont, é o grande retrato da mulher mal casada, que após anos de infelicidade,ao chegar aos 30 consegue encontrar o amor nos braços de Carlos Vandenesse.
Tenho que concordar essa história está mais dentro da realidade das mulheres.
Encontrar um grande amor nessa idade é sinônimo de realização o supra sumo da feminilidade.
Observando as pré-balzaquianas como eu, e as balzaquianas, notei que elas quando querem correm mesmo atrás dos seus objetivos.
Quando querem conquistar, como o caso da minha amiga Mila, vão até a Salvador só para descobrir o universo que há em um homem, lembrando claro vai até o que quer sem esquecer de suas raízes. Vive o bom do amor e volta para sua casa, segura e tranquila.
Até por que se ele quiser que depois venha atrás dela.(risos)
Balzaquianas são seguras, maduras e perigosas não se engane meu caro com uma mulher dessa idade. Ela não te cobra nada, mas deixa bem claro o que quer.
Realmente estou amando esta nova fase.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Dar não é Fazer Amor


Bom como estou nesta questão dos 30 e tal's, nada melhor que o texto de Luiz Fernando Veríssimo para explicar bem essa coisa que a mulher tem entre a diferença de sexo e fazer amor.
Ele manja muito...

DAR NÃO É FAZER AMOR
Luiz Fernando Verissímo

Dar não é fazer amor. Dar é dar.
Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete!
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza...
Não sente vergonha de ritmos animais.
Dar é bom.
Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar.....
Sem querer apresentar pra mãe...
Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...
Te amolece o gingado...
Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.
Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã.
Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.
Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora.
Durante um mês.
Para os mais desavisados, talvez anos.
Mas dar é dar demais e ficar vazio.
Dar é não ganhar.
É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.
É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir.
É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe, pra dar o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar:
'Que que cê acha amor?'..
É não ter companhia garantida para viajar.
É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.
Dar é não querer dormir encaixadinho...
É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.
Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão, relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as
crises e faz você flutuar.
Experimente amar antes de dar ...

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Crise dos 30


Olá! resolvi escrever sobre esta fase não tão boa, mas certamente de grande relevância que é a crise dos trinta.
Movida por conselhos de uma grande mulher, que é a minha chefe Letícia Mamed, resolvi falar um pouco de toda essa coisa, que está acontecendo comigo.
Engraçado que só tenho 29, mas como tudo na minha vida é um pouco precoce, vamos então começar...
Bom, tudo começou do texto de Arnaldo Jabor e por acaso postei no blog, o texto se chama sobre as mulheres com mais de 30...
De primeira achei lindo o texto, me achei, me senti a tal, mas na verdade sei que as mulheres que vão fazer trinta, como eu, e as que tem trinta sentem um pouco de insegurança nessa nova etapa. Falo isso, por que fiz uma breve pesquisa de campo. As mulheres casadas que tem filhos, acabam passando tranquilas, exceto quando o assunto é vaidade. Já as mulheres como eu que se divorciaram tem filho e ainda não conquistaram todos os seus objetivos, dão uma parada para pensar e se perguntam: " o que é que eu fiz da minha vida?"
Mas, também há aquelas que ainda nem casaram, acho que aí é pior, por que devem se cobrar dizendo:"Fiquei para titia!" É apavorante essa idade para mulher!
Também surgiram mulheres que em um diálago comigo disseram que passaram sem danos pela tal idade, para estas dou meus parabéns, são bem resolvidas, por que eu fiquei muito assustada!
Não sou nenhuma expert para falar do texto do Arnaldo Jabor, mas concordo com ele que é uma etapa que a mulher se sente mais segura e se torna mais decidida, pelo menos isso está acontecendo comigo. De certo modo estou torcendo para sair disso viva! Me desculpe, as vezes uma mulher nesta crise, com todos os seus hormônios a "flor da pele" fica um pouco dramática, totalmente normal. Essa foi a maneira geral de falar do assunto, mas falar de um modo detalhado vai acontecer aos poucos e quero descrever bem este momento para que outras mulheres possam pensar bem antes desta idade chegar.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Lembranças


Engraçado...lembrei de você
As emoções neste momento são tão grandes
É difícil descrever meus sentimentos
mas lembro docemente de você
Tenho tantas saudades,
apesar de que neste momento...
Não quero ninguém ao meu lado
Eu queria mesmo é você
Sabe eu as vezes percebo que choro
E é incrível, mas eu te espero
E sei que você não vai chegar
Não é mais a mesma coisa olhar derrepente no relógio
e saber que a qualquer momento você poderia chegar
existe uma tristeza por que eu tinha tanta coisa para te dizer
mas tudo bem eu vou levantar minha cabeça e viver
queria contar os meus dias
Têm sido difíceis sem você
Quero te dizer algo então...
Eu ainda... Te amo!

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Sonhos e Incertezas


Sonho que atravessa a madrugada,
estava tão perto, mas está longe
As lágrimas a escorrer pelo seu rosto
e o vazio e a dor de um sentimento
Que a escolha levou embora...
Fiquei triste por te ver triste,
Me vi sozinha e ao seu lado alguém especial
Quando despertei você não estava ao meu lado
e o desespero tomou conta de mim
Meu coração saltitava...
Quantas saudades, as lágrimas também percorreram meu rosto
Eu senti a dor do teu coração...
Me perdoa cometi devaneios,
Sem você nada é como era antes
Vivo de deliríos e inconstâncias
Tento me esconder para não te achar dentro de mim
Precisava dizer essas palavras e mais uma vez me despedir
há a incerteza de saber se um dia você me amou, mas quero que saiba
Um dia eu te amei e foi o amor mais doce e puro...
Te agradeço por esse amor
Hoje o que me resta são apenas palavras...

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Prazer


Queria que tivesse sido de mansinho mas a intenção foi outra...
Apesar de tudo a sensação foi ótima
Prazer por prazer foi bom o que aconteceu,
Me agradei de tudo em ti,
Me fez lembrar de um tempo distante
Pelo que percebi você não é de ninguém
Eu gostei do amor bandido
Você me fez bem, quebrou o que faltava de mim
Sem fazer nehuma aliança comigo
você foi a parte de um presente
você sim foi uma surpresa
Teu corpo é maravilhoso
e eu fiquei boba
foi o melhor prazer sem se envolver
Os teus olhos são lindos, vão ficar guardados na minha memória
Que pena que foi tão pouco
Queria ter o prazer de novamente beijar tua boca
e sentir teu toque
e me acalmei em teus braços
e você queria saber o que passava na minha cabeça (risos)
passava tanta coisa que não teria como te explicar
eu voei contigo e me perdi,
mas ao mesmo tempo me achei e se pensava em só aproveitar
Fui eu quem aproveitou de tudo
Voltei a ser menina...
E quero que saiba que nunca você foi tão especial para alguém...
Até um dia...

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Em um tempo atrás


Essa é a letra da música de composição e interpretada por Fábio Júnior que um dia falou muito de mim, lembrei esse mês simplesmente... é linda a letra!
Choro Fábio Jr.
Composição: Fábio Jr.
Tem hora que bate Uma tristeza tão grande
Que eu não sei o que fazer
E nem pra onde ir
É tanta coisa
Que eu queria dizer
Mas não tem ninguém pra ouvir
Então choro sem ninguém ver
Eu choro
Faço o possível pra segurar a cabeça
Mas a emoção não quer
Que eu me desfaça
Ou então que eu esqueça
Do amor daquela mulher
E eu choro
Sem ela saber
Eu choro
Choro por tudo
Que a gente não teve
Por tudo que a gente não realizou
Choro porque eu sei que ainda te amo
E você me amou e ama
Choro por tudo
Se assim for preciso
Choro porque eu sei que ainda te quero
Choro por tudo
E por tudo lhe digo
Te espero, te quero
Te espero, te quero
Te amo

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Nova Paixão


Resistir? não dá mais,
só não quero mais amor de brincadeira
Quero seguir e o bom é olhar para os teus olhos
e ver um norte de emoções...
sabe? meu coração não é de porcelana
Te vejo e olho sedução e a solidão me consome
mas não vou mais fugir
Quero sentir o que você me traz, descubrir teu universo
Me deleitar e aproveitar o que você tem para me dar
Estou tirando as algemas do meu coração
Quero ver novamente a luz do sol
Não te prometo nada, só te digo não vou mais brincar
Dessa vez vou me permitir aproveitar cada segundo
Mesmo que seja engano e tudo se quebre
Quero saber que paixões terá?
O que se esconde dentro dos teus olhos
Quero muito que fique
Quero ser surpreendida
Nada de paixões bandidas
Dessa vez sem ilusões
Adorei o convite é tentador...
Quem não ama brinca de viver
Não quero matar meu coração
não vou jogar nada fora
e se for para valer por que não viver essa nova paixão
e alimentar esperanças, não faz mal te ouvir...
Vou esperar fazer sentido!

REVIGORE EM SEUS BONS MOMENTOS


"Desejo carinho, um abraço
e um pouco de ternura...
sei que por algum instante
posso sentir a intimidade do seu ser
tocar-te e dar prazer
fazendo seu dia inesquecível
caracterizando este lado irredutível

Não posso fugir do que sou
nem a tentativa de amar novamente
só não posso ser incoerente
como fui nas minhas 'últimas tentativas'
quando criei bobas expectativas
ao me dar demais
sem 'quase nada' receber...

Muitas vezes, um passo maior que a perna
e a vontade de dar amor
trazem inconseqüências e muita dor...
e aí me pergunto: 'ainda vale a pena?'
Claro, pois o que não vale a pena é solidão
sombras, carência e ilusão
sentimentos que guardados só pra si
não fazem seu mundo fluir

Revigore em seus bons momentos
retire dores e lamentos
e se redescubra a cada novo amanhecer
pra valer dizer: 'gosto de você!'.

(C. Eduardo™)

quarta-feira, 14 de julho de 2010

ZERO HORA E CINQÜENTA E DOIS


Uma Poesia feita por Carlos Eduardo em um dia de frio...

"O frio chegando
de modo avassalador
veio mostrando
toda sua cor
as folhas a cair
o vento a soprar
o meu desinibir
a beleza contemplar
a noite gelada a me sorrir
os casais a se distrair
a xícara de chocolate quente
é apenas um ingrediente
de uma noite envolvente

As canções, as interpretações
simples emoções
de alguém sozinho
figuras marcantes
passeiam em minha mente
coisa comum
de um coração que sente
que se ressente de carinho
de gesto e do cantinho
onde a recordação
é essencial
onde a emoção
é primordial
lugar este
onde entrego-me com unhas e dentes
aos sentimentos mais ardentes
fazendo-me recordar
da música 'Ruas de Outono'
deixando me a suspirar
tentando encontrar
alguém que possa fechar
o vácuo que existe em mim
da palavra amar."

(C. Eduardo™)

terça-feira, 13 de julho de 2010

A ARTE DO BEIJO

Poesia de Carlos Eduardo o Cadu, com toda a sua inspiração falando de amor...


"Não se impressione:
um beijo pode ser revelador
tirar parte do seu rancor
e ao mesmo tempo
ser totalmente avassalador

Um beijo pode causar arrepio
desconcentrar, arrancar o frio
ser mais amável que uma canção
e deletar de sua mente aquela paixão

Pode ser doce como um reencontro
causar emoções de te deixar tonto
fazer-te flutuar sem tirar os pés do chão
fervilhar seus desejos como multiplicação
ou apenas dizer, sem utilizar a palavra ‘adeus’
que aqueles lábios nunca foram de verdade seus

Unir dois corpos em um
função agradável do beijo
troca de olhares antes deste ensejo
pequeno grande ensaio
antes do afago maior entre homem e mulher
onde o amor pode e tem que acontecer
e não propriamente usa-lo para seu bel prazer
pra que não fique o vazio de uma noite perdida
onde a primeira porta pra muitos é a saída
após horas de intenso carinho a calor
mas nada naquele lugar lembrou de fato o que é o amor.”

(C. Eduardo™)

terça-feira, 6 de julho de 2010

POR UMA MULHER


Esta é uma linda Poesia escrita por um grande amigo e excelente artista Carlos Eduardo o Cadu...

"Por uma mulher
já me despi de sentimentos
reabri meus melhores momentos
pra contar o que ela fez comigo...
mais do que amante e amigo

Por uma mulher
já corri riscos incalculáveis
me sobrepus ao amor de maneiras inviáveis
adquiri forças pra lutar por quem achava que poderia me amar
quando na verdade, estava apenas a me enganar e me magoar

O amor é mágico, é ilusório
é vital, e às vezes, transitório
enche de luz a vida deste simples escritor
se refaz a cada novo sabor
reencontra direção ao se redescobrir
eleva uma mulher ao persuadir
me condena, me irradia
pra ser seu servo noite e dia

Mulher, sou louco pela tua essência
mas neste instante, tira de mim a carência
pois quero esquecer a dor
de um falso amor
que me fez chorar e lamentar
as promessas mentirosas que fizeram-me acreditar."

(C. Eduardo™)

segunda-feira, 5 de julho de 2010

O TOQUE ENTRE AS MÃOS



Que pena tudo foi queimado, jogado fora...
Não resta mais nenhuma lembrança do nosso amor.
Amor inocente, amor sem limites...
Mas em minha memória ficou tantas coisas...
Hoje cedo lembrei o passado...
Uma canção veio à mente tão fugaz e estranha...
Ontem cortei caminho, passei naquela rua
Que um dia você me convidou para conhecer...
Foi bom, está tudo tão diferente...
Andando por entre as ruas fui lembrando de cada momento...
Lembra daquela esquina? Ainda continua a mesma...
Lembrei daquela chuva, como queria ter te amado debaixo daquela chuva...
Engraçado, havia alguém tocando um belo violão...
Meus pensamentos giraram em busca de você...
As pessoas também mudaram, não sabia nem ao menos onde era a sua casa...
Quando cheguei a frente ao lugar onde me despedi de você...
As lágrimas vieram sem ser convidadas...
Sei que posso escrever tudo novamente
contar este amor para quem quiser saber me lembro de cada detalhe teu...
Tua face, o gosto da tua boca, teu corpo quente, teu doce abraço...
Nossos corações batendo, um coração ao outro... teu sorriso inesquecível,
quero te dizer que não tive nem um amor parecido com este,
tão intenso e insano, nossos corações juntos batiam muito mais...
Sabe, ainda me lembro do teu toque por entre as minhas mãos...

terça-feira, 22 de junho de 2010

Você é Mais do que eu Podia Imaginar


Quando sinto a vontade de ver as estações...
Tenho a certeza que um dia eu vivi uma linda primavera...
Na letra da canção a grandeza de um amor...
Como me chamou a atenção...
Se ao menos tivesses visto? A linda festa...
Celebrava-se o amor e como eram mágicas as cores...
Agora sei que o amor não é vermelho é azul...
Se fosses tu ainda com uma boa dose de questões seria muito bom
Mil motivos e razões eu teria para te amar,
Iria sim querer mostrar a todos a grandeza deste amor...
Te ter ao meu lado todos os momentos e seguir, somente seguir
Procurei tanto um amigo que pudesse me compreender e achei você...
Em meio a nuvens minhas...
Eu não me importaria com o que as pessoas iam dizer eu lutaria sem medo por isso
Ia aquecer teu coração no inverno...
Tentei te mostrar a grandeza do meu coração...
Foi tudo que eu sempre quis...
E em todos os momentos sigo a te querer e como seria bom te amar...
Para sempre iria agradecer a Deus e dizer:
Você é mais do que eu podia imaginar...

quarta-feira, 16 de junho de 2010

MADRUGADA





Hoje tenho certeza que te reinventei para mim.
E sei que não posso mais ver em teus olhos a doce vontade.
Mas como queria a tua cor com a minha...
Foi em um momento de tempestade que te coloquei em meus pensamentos
Quem sabe tenha sido por conta de um sonho ou pela simples necessidade de te ter...
Mas ficou claro que tentei lutar...
Quantas saudades e os nossos momentos foram tão breves...
M e força a situação de recriar algo novamente, mas vou esperar...
Que pena que não prevaleceu à vontade...
Mas quero que saiba me arrependi, não dormi bem esta noite
Fiquei refletindo uma multidão de pensamentos no silêncio,
Mas ainda sinto o toque dos teus lábios ao meu...
Como foi bom! Foi calmo o que mais dizer?
Minhas lágrimas perduram pela noite de tantas coisas que não foram ditas.
Mas tiro todas as mágoas para que essa saudade não me persiga onde eu for...
Imagina se tivesse tido entrega?Teria sido a paixão mais indevida que alguém poderia ter tido
Sinto muito, minha alma é muito independente para viver essas emoções
Seria como se eu saltasse mais alto, fazer ser verdade uma paixão,
Queria ter ganhado e me envolver e deixar minha alma viajar em segredos.
Por que não se entregou? Queria entender o motivo de não ter se aprofundado.
Qual foi o medo? Tentaria te proteger.
Qual insólito foram os teus pensamentos, a discórdia que deixastes te envolver.
À noite sonhei contigo, e escrevi tuas iniciais em uma mesa, mas risquei para que tu não visses
E não soubesses o que guarda o meu coração.
É tão doce e faz sofrer, seria então mesmo paixão?
Não sei... Mas sei que sinto e que as noites tem sido intensas e que distante tem estado...
E o que resta? Um sentimento em meio à madrugada...

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Que Bom Você Chegou

Bom para as solteiras de plantão e claro uma homenagema minha amiga Bruna Mello, vai aí a linda letra da música da Bruna Karla.



Que Bom Você Chegou


Composição: Anderson Freire

Me sinto tão amada,
Isso faz bem ao coração da gente
Quando tem alguém pra dividir um grande amor
Como a brisa da manhã, assim você chegou
Uma ótica perfeita de amor,
Uma ponte sobre um rio de dor
Na minha vida um sonho lindo se realizou
Um presente enviado pelo meu Senhor

Você foi como um dilúvio de amor
Arrancando do meu peito uma dor
E no lugar daquela cicatriz marcou
As cenas lindas que o tempo já notou
Você é minha tempestade do bem
Trazendo chuva ao meu deserto,
Me fazendo alguém
Amada simplesmente pelo que é
Ontem namorada, noiva, e agora sua mulher

Vamos nos molhar na chuva do Senhor
Alimentar com bênçãos o nosso amor
Fazer valer a pena tudo que a gente conquistou
Vamos juntos fazer um culto de agradecimento a Deus
Quando mais precisei você me apareceu
Um presente e o remetente era Deus
Me sinto tão amada, isso faz bem

terça-feira, 8 de junho de 2010

Dicas de Filmes Românticos

Aqui vai a dica de filmes que atravessaram a história do cinema os 100 melhores filmes dos últimos 25 anos. Filmes que marcaram a vida de muitas pessoas. O meu predileto é P.S. Eu Te Amo. Deixe seu comentário qual o filme que marcou a sua vida? beijos espero que gostem.


P.S. Eu Te Amo

Um Amor Para Recordar

Titanic

Uma Linda Mulher


Tristão e Isolda

Antes Termine o Dia

De Repente é Amor

O Amor Pode Dar Certo


Diário de Uma Paixão

Cidade dos Anjos

O Segredo de Brokeback Mountain

Chocolate


Um Lugar Chamado Nothing Hill

Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças

O Amor Não Tira Férias

Antes do Amanhecer


Como Perder um Homem em 10 Dias

Shakespeare Apaixonado

Dirty Dancing

No Balanço do Amor


Quatro Casamentos e Um Funeral

Simplesmente Amor

Edward Mãos de Tesoura

Íntimo e Pessoal


As Pontes de Madison

Moulin Rouge

Jerry Maguire

Noiva em Fuga


Quando Um Homem Ama Uma Mulher

Como Se Fosse a Primeira Vez

Wimbledon - O jogo do Amor

Alguém Tem Que Ceder


Uma Carta de Amor

Ghost

De Repente 30

Letra e Música


Desejo e Reparação

O Casamento do Meu Melhor Amigo

A Casa do Lago

Para Sempre Cinderela


O Melhor Amigo da Noiva

Nunca Fui Beijada

Doce Lar

O Diário de Bridget Jones


Segundas Intenções

Muito Bem Acompanhada

O Casamento Dos Meus Sonhos

Tudo Acontece em Elizabethtown


10 Coisas que Eu Odeio em Você

Minha Mãe Quer que Eu Case

Louco Por Você

Á Primeira Vista


O Guarda-Costas

Três Vezes Amor

O Amor é Cego

Um Casal quase Perfeito


O último dos moicanos

Casamento Grego

Hitch – Conselheiro Amoroso

Nove Meses


Mensagem Para Você

Orgulho e Preconceito

Quem Vai Ficar Com Mary?

O Carteiro e o Poeta


Nunca é Tarde Para amar

O Filho da Noiva

Kate & Leopold

Enquanto Você Dormia


Amor à Segunda Vista

Crepúsculo

Mais Que o Acaso

Antes do Pôr-do Sol


Ela Dança, Eu Danço

E Se Fosse Verdade

Amor em Jogo

Mensagem Instantânea


Jogo de Amor em Las Vegas

Um Príncipe Em Minha Vida

O Paciente Inglês

Encontro Marcado


Harry e Sally - Feitos um para o Outro

Quando o Amor Acontece

Johnny e June

Don Juan Dearco


Namorada de Aluguel

Procura-se Amy

Curtindo a Liberdade

Ela é Demais


Lendas da Paixão

Green Card - Passaporte para o Amor

Frankie e Johnny

Patch Adams - O amor é contagioso


Apenas Amigos

As 7 Regras do Amor

Diário de uma louca

Show Bar


Um Show de Vizinha

Quero ficar Com Polly

Sob o Sol da Toscana

Tudo Por amor

FONTE: http://www.cineseries.com.br/colunas/listas/os-100-melhores-filmes-romanticos-dos-ultimos-25-anos

Ocorreu um erro neste gadget