sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Palavras por Palavras


Palavras às vezes são tão vazias...
Quem diz algo pode nem sempre ser verdade...
Estava a olhar as suas fotos e ver teu doce olhar
Por que você mexe com os meus sentimentos?
Será que há algo aqui dentro que eu não entendo?
A culpa não é minha quem se afastou foi você
A minha vontade é ouvir sua voz e dizer a você: vem pra mim...
Mas você está tão distante...
Queria que fosses, queria te ajudar, segurar na sua mão
Queria te tirar da cabeça e apagar o que nem mesmo aconteceu
Há noite por que amo sem saber este ser que nem lembra de mim?
Tua pele, tua boca, teu calor queria mais uma vez sentir...
O que serás que pensas agora?
O medo que me corrói...preciso te esquecer dar um ponto final
o seu desprezo já deixou marcas em mim,
Será que isso nunca vai ter fim
Meu coração quer ouvir para não sofrer...
Queria que você me dissesse, mas acho que já falou
é tão indeciso, o que fazer para não sofrer?
A música nada quer dizer, mas me lembro de você
Se não for com você não serve
Te quero tanto que se torna loucura , paixão...
Por um tempo quase te esqueci
E aí você voltou tão veloz
Eu sei a culpa é minha,
fui atrás de você e te procurando em cada lugar
Solidão sem você
Está tudo estranho aqui, tudo estranho
Ouvi falar que estavas bem,
A partir de agora desisto de você
Não quero mais chorar...
Adeus!

Adeus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget