quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Superei




Te vi hoje e consegui te ver sem tremer
Consegui apertar a tua mão e ver teu olhar sem estremecer...
Quanto tempo...
Teu olhar é ainda o mesmo, leviano e sedutor

Mas foi bom te ver, tocar tua mão e te sentir sem nenhum dano
Sorrir pra ti e te olhar nos olhos sem medo, sem disfarçar
Consegui te esquecer, mas foi um amor bom
Ou melhor foi ternura...

O quanto que eu dependi de ti
Quanto que eu chorei por ti
E hoje podemos sorrir um para o outro
Eu vi seu olhar de desejo

Você não consegue disfarçar
Que bom que podemos nos olhar nos olhos
Tinha que ser naquele lugar que um dia nos prometemos
Naquele lugar que um dia meu coração bateu por você

O tempo passou, mas você continua o mesmo
Quero te dizer que valeu a pena ter te amado
Te desejado, vejo que está feliz
E isso ainda me faz feliz

Você fez parte da minha história
E que bom que hoje eu consigo dizer
Até logo...
Que bom que você fez parte da minha vida
E eu te amei...Tudo vai ser mais fácil agora

Me sinto livre, eu te superei...

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Tristezas



As dores não passam e dos meus olhos só saem lágrimas
A angústia que atormenta a alma...
Será mesmo que um dia vou te revirar de paixão...
Será mesmo eu?

As horas passam e a tristeza aumenta
Meu coração fica pequeno de tanta dor...
Se eu imaginasse que fosse assim não atravessaria sua vida
Me esconderia...
Tem sido um preço alto sentir o que sinto por você

E me fazes mal e me despreza, abandono, ilusão
Queria afogar toda essa tristeza, quero te esquecer,
Mas tem sido tão difícil
Que Deus me ajude, pois não quero mais sofrer

Quero dizer adeus e partir...
Dói demais te ter a alcance dos olhos
Mas quem sabe a manhã chegue e eu te esqueça?
Quem sabe essa tristeza vai embora?

A dor é tão grande que apaga minha visão
Preciso me achar, preciso me encontrar...
Vai passar... Tudo vai passar...

domingo, 25 de dezembro de 2011

Natal



Lembrei da minha infância nessa madrugada, da árvore na frente de casa cheia de lâmpadas de todas as cores.
Meu pai colocava as lâmpadas no começo do mês de dezembro e as luzes refletiam ao tapete de flores que se formava ao redor da árvore. Certamente, ficava a olhar aquelas luzes e meu coração era repleto de esperanças. Ficava imaginando coisas boas e pedindo para Deus coisas boas para as pessoas que eu amo. Época que me traz saudades.
Minhas amigas e eu tomávamos vinho com maça escondido por debaixo da mesa (risos). Pessoas rindo, música,comida na mesa, presentes e os nossos sorrisos de criança. Contava os dias para que chegasse o natal. Agora vejo essa mesma alegria pelos olhos do meu filho.
Apesar de não haver mais o mesmo sabor pra mim, por que a realidade é tão dura, olhar através dos olhos do meu filho me faz relembrar o quanto era cheio de significados o natal.
Um pequeno carro pra ele é felicidade e ele tem um coração grato a tudo que recebe.
Mas o melhor é que ele já entende que a comemoração maior é de que uma criança nasceu entre os homens e nunca mais o mundo foi o mesmo e que hoje meu pequeno filho e eu podemos ter salvação através do nome dessa pequena criança que veio ao mundo como príncipe da paz... Jesus! Deus eu te amo acima de tudo até mesmo do meu filho e de tudo o mais. Como sou grata a ti. Te amo Jesus!

Nathan você é meu presente filho e como eu sou feliz por te ter... Eu creio nossas vidas vão ser melhor nesse novo ano. Eu te prometo e profetizo pequeno Profeta...

E que venha 2012 e que venha cheio de surpresas e realizações.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Jóia Nua



Sinto falta das nossas conversas, sinto falta de você...
Como queria poder voltar atrás e começar tudo de novo
Ter você outra vez, viver...
Você me diz que eu me distancio, mas você se distancia...
Não sei o que fazer, parece até que minha tristeza te faz bem

Não há afeto e nem ao menos prazer
Ficar longe me faz tão mal, mas você não sente falta
Que fique com você as lembranças, se eu pudesse iria embora eu...
Portas cadê elas?
Vou dançar na minha tristeza...

Inconstância tua, perca de tempo...
Frieza... Minha vontade é te ter
Saltar em teus braços e te ter
Ser abraçada e querida por ti
Eu lamento ser sua jóia

Jóia nua, tua, sua ou como quiser
Mas você é a minha saída, aquilo que eu escolhi
Que os céus querem, não dá mais...
Esperar me tortura, mas espero
Amanhã será?

Quando pode ser nós...às vezes é melhor não pensar
É melhor deixar navegar
Quero crer, te pertencer
Será que não está claro?
Quero respirar você... Sensações... Você...

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Na Sua é Sempre Melhor




Noite e o convite para dormirmos abraçados
Envoltos por cumplicidade
Quando você me convida como dizer não?
A vontade de ter teu colo era maior que a razão

Teu olhar as vezes me preocupa...
Você me chama e durmo ao seu lado,
Carinhos, afagos,
Desejos...
Que foram contidos pela ternura, por Deus

Nossas conversas prazerosas, nossa sede de futuro
O sono que vem sem pressa,
Dormir abraçada contigo e me sentir segura
O melhor? É saber que também se sentiu seguro...

Sonhos bons, noite intensa e a madrugada falando por si
O proibido e aceitável... inexplicável
Velar teu sono...por instantes acreditar
Ser tua amiga, companhia...

Agora meu cheiro ficou na tua cama...
Ter tua roupa vestida em meu corpo,
Sentir calor quando tua pele toca a minha
Dormir tranquila por saber que você estava ao lado...
Sua mão entrelaçada na minha representava a boa noite

E ao amanhecer, perceber que seus olhos estavam em mim
E ouvir de teus lábios um doce bom dia
E a breve pergunta: como foi a noite?
Eu te respondo... Perfeita!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Meu mais Doce Dezembro




“O carinho pela manhã sucederá a noite anterior
onde ocorreram os mais nobres afagos de amor
em um lugar repleto de sentimento e ternura
de saudade, afeto e doçura
configurando assim, um ambiente próximo a perfeição
onde ficará guardada toda essa emoção

Os detalhes tornaram-se grandes sensações:
aproximo-me de ti, sinto seu perfume
estrelas em seu olhar clareiam feito lume
seu sorriso é envolvente, seu jeito é atraente
a cor de suas unhas contemplam suas mãos
como acordes de piano, em universos sãos
seu cabelo expressa vaidade de menina mulher
aconchego, fantasia, de quem sabe o que quer
que sabe seduzir, sabe provocar
em seus lábios macios, fazem-me viajar
tortura minha imaginação
e dilacera minha inspiração

Conceder o tempo para o amor é vital
com meu mais doce dezembro: íntimo e especial
a paixão concatena, melodia extrema
nós dois, a sós, numa única cena
regado a um bom vinho, música, poesia e declaração
revigorado por cada pulsar do coração
deliciando-se de cada momento que irá se eternizar
se tiver sinceridade entre nós, na arte de amar

Dilua-se, reafirme-se
para Dezembro não durar apenas um mês
mas para o sentimento ressurgir toda vez
na devoção de plenitude e envolvimento
tirando todo mal que há por dentro
firmando novo contexto, realidade
tonalidade de desejo, minha preciosidade.”

(C. Eduardo™)

O Perdão está Concedido



E agora nossas mãos já estão distantes
Todos, ou a grande maioria, sempre me vinheram com meias palavras...
E na infeliz tentativa de me mostrar
O caminho menos perigoso, me jogaram em meios as curvas mais sinuosas

Nunca um só "bom samaritano" mostrara ou conseguira expressar
as barreiras que eu vivia a encontrar no percurso que me levaria ao final feliz...
Não nego que ainda preciso do seu colo
Que somente seu calor era meu descanso

Mas você complicou amor, assim como os demais
Amores que me atormentaram, e eu já não
Estou disposta a lhe conceder minha eternidade
O futuro que parecia nos sorrir virou fumaça.

By:Jahnnyne Lima a muito tempo atrás

domingo, 4 de dezembro de 2011

Caminhos



Sinto tantas saudades e a manhã veio com o teu cheiro...
Queria tanto você aqui e a sua proteção e seu cuidado
Você chega e meu mundo se transforma
Queria que você segurasse a minha mão nesse momento

Hoje é tudo tão difícil, lembrei de tudo
De nós
Dos nossos grandes momentos
Nem ao menos posso voltar atrás
Se pudesse, viveria tudo outra vez

Lembrei dos detalhes, teu rosto cortado
O relógio na parede marcando a hora que você deveria chegar
Da chuva...
Quando ao portão você disse que me amava

Eu nunca disse que te amava, me perdoa
Mas realmente não sentia amor, eu dependia de você
Não te merecia
Sabe, conheci alguém que pode mudar tudo

Queria sentar contigo e te contar
Ele é especial, hoje estou em um labirinto
É frio e dói muito, saudades de tantas vezes
Que chorei em seus braços...

Não consigo chorar como antes
Não vejo saída
Mas sei que essa pessoa que surgiu...
Poderá me esperar na saída

Se ele deixar vou amá-lo...
Mas espero que seja feliz, deveria ter te dito Eu te amo
Por tudo que significou pra mim
Fica bem...e eu espero também ficar bem,
Vou achar um caminho...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Verdades inteiras




— Ela queria outra coisa.

— Que coisa?

— Nem ela sabia.

Repetia isso o dia inteiro: Quero outra coisa, eu quero encontrar outra coisa.



#Caio F.





São verdades assim que move o "submundo feminino".

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Verona (?)



Do alto te procuro, Romeu!

 Te busco pela cidade, caminho pelas ruas e mais estreitas vielas. Nos imagino em Verona...
Cidade dos amantes, dos amores impossíveis
Onde andará você que rouba minha paz e meus pensamentos?

Pergunto e não tenho respostas.
Eu já sei quem é você, mas finjo que não sei!
Não quero sofrer mais
Já sei quem você é aquele que visita meus sonhos
Que faz a minha mente virar do avesso
Que mesmo longe esquenta meu interior
Confortando-me em meio ao caos

Quero viver a mais linda história contigo
Presenteie-me com a mais linda história aquela que faria inveja até mesmo a Shakespeare
Sem mortes, mas cheia de vida e desejos...
Quero olhar as estrelas contigo e ver o quanto a vida pode ser bela

Quero ser a tua companheira,
Pois até a Lua tem companhia...
Quero passear contigo e nas gôndolas da vida
Ver nossa história embarcar
E ao navegar por águas calmas...
Que seja Deus aquele que nos guie...

Quero ser tua Julieta e ver...
E ouvir da tua boca: “Minha amada Julieta...”
Vou te fazer bem, vou velar teu sono
Percorrer meus dedos em teus cabelos...

Tudo terá o cheiro de amor, luzes e cores.
Olharei em teus olhos, tocarei sua face carinhosamente...
E direi:
“Meu lindo e amado, Romeu...

Como você demorou.
Mas hoje sei que cada fração de segundo nos foi válida
Cada sorriso seu me oferta metades inteiras de paz,
Cada olhar me leva aos extremos...

Hoje é a tua presença que me completa,
Pois cada dia de tua ausência me escarnecia.
Obrigada amor meu, obrigada por me trazer de volta,
Por ressuscitar-me...
Meu querido e amado Romeu...”

Por: Luana Lima e Jahnnyne Lima

domingo, 27 de novembro de 2011

O teu "Eu" no meu hoje



Hoje te escrevi por mais que você não saiba porque te senti naquele arrepio.

O aqui e o agora não costumam tratar do ontem, mas neste hoje quero recordar... Afinal, o ontem me trouxe novos tons, sons e me trouxe você em meio os acordes vivos.

Eu que sempre preferi falar sobre certezas e sentimentos frustrados, hoje sinto a necessidade de te escrever sobre incerteza.

....

Em um apático mês de trinta e um dias, eis que você me aparece como um contato instigante. Como as demais pessoas do segundo semestre, Deus também te trouxe nos braços, mas algo diferente brilhou em torno de ti. Mas até então ainda havia resquícios de outro astro.

Sem alarde cê foi se mostrando chatamente belo e me rendeu boas madrugadas, depois me rendeu sorrisos abertos e piscar demorado. Me veio com ensinamentos, percebeu ciúmes e me ganhou com sua simplicidade.

Agora só resta o receio de novamente me deixar levar pela atração de um imã ilusório e pedir a Deus para que o tempo de busca tenha chegado ao fim. Até porque sua chatice bate com a minha, sua calma e seriedade apresentam-se como refúgio a minha inquietação e é sua gargalhada que me põe um sorriso torto na cara.

p.s.: to com medo de estar, realmente, gostando de você!

Dos quereres



Ao meu bem querer:

Quisera eu por muito estar em meio aos teus braços
e sentir o pulsar de seu peito.
Quisera admirar-te e poder declarar-me sem mais.
Quisera eu estar em sua companhia, tocar teu corpo e sentir teus lábios.
Quisera eu ser o teu par, tua singular intensidade...
Quisera poder, enfim, ter seus desejos a mim confiados,
saciar-te e ser saciada.
Quisera ser aquela tua meta, tua vontade,
tua escolhida, teu alento e o teu desejo mais insano.
Quisera ser aquela que tem presença em teus pensamentos.
A dona dos teus carinhos, aquela que te inspira.
Quisera agora ser tua emoção, tua liberdade, teu amor, teu devaneio.
Quisera eu ter te conhecido antes e não ter de te esperar,
pois sou aquela que se encanta com teu sorriso acanhado...
Vamos, abaixe seu escudo e me oferte seu sim,
sua risada mais gostosa, o calor de teu corpo...
Permita-me e juntos transporemos os limites.

Coração




Te ver e ouvir me fazem bem...
Dissestes pra mim que seu coração está aberto...
O meu também está...
Tuas palavras são códigos que tento decifrar
Teus sentimentos confusos perturbam a minha alma

O teu olhar diz coisas boas, mas as palavras da tua boca...
As vezes você me diz sim e as vezes não
Queria saber teus pensamentos...
Você me deixa solta e as vezes não

Saudades dos teus abraços, dos teus beijos
Os teus elogios me fazem voar...
Mas você volta e diz que não existe mais
E esse coração quer que você entre e se sinta a vontade

Esse coração quer te amar, ser seu cúmplice
Te dar carinho, te dizer palavras boas
Te proteger e te esconder quando precisar
Esse coração tem te esperado e está desesperado pra saber...

Se vai ficar ou vai embora
E quando você disser "vou ficar"
Ele vai saltar de felicidades
E vai dizer já não via hora te dizer te quero pra sempre...

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Não Vejo a Hora



Essa saudade de você me inebria a alma...
Esse querer me faz bem
Por que não poderia te amar?
Se eu me lembro dos teus beijos, já te quero novamente

Quero te sentir ainda por uma noite
E ver meu corpo nas tuas mãos...
Como vai ser bom...
Me enroscar nos teus braços e me entregar

Vou me soltar inteira pra ti
Sentir tua boca beijar meus pés
Já estou com saudades
Desses teus beijos que me arrepiam a pele...

Não vou falar mais nada meus pensamentos vão te buscar
e a saudade fala por si e meu corpo já não ver a hora de te encontrar...
Vou te esperar para viver mais uma emoção contigo
Não vejo a hora...

Único Destino, Única Viagem




"Não é possível ficar impune as coisas do coração
é bem provável que aconteça de novo
quando se busca com a alma, e não pelo prazer momentâneo
o cupido te privilegia, e te torna incomum
alguém com alto grau de dignidade
que fará do amor, principal fator
no encontro com a felicidade

Muitas vezes, o medo de sofrer
traz obstáculos que você não pode ver
condena sua beleza interior
caminhos de solidão e rancor...
o que deve ser feito é não desistir
purificar os sentimentos e se diluir
concatenar o coração para fatos de bom agrado
e deixar o que foi e o que há de ruim no passado

Torne-se mais forte para tudo o que se faz com a alma
traga o mais nobre delírio, e devolva toda aquela calma
que outrora existia, nos mais doces afagos de amor, de sincera paixão
mas que agora se fazem ausente, e deixam-me em subtração

Amar não é contar vantagem
é o eterno namoro, única passagem
único destino, única viajem...
que o amor venha e vislumbre o que há de bom em mim
e fecunde suas raízes e sua sensibilidade sem fim".

(C. Eduardo™)

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Ilusões




Não quero mais uma ilusão
Chego a pedir à Deus para arrancar esse sentimento do meu peito
Monotonia essa vida assim
As incertezas e preocupações...
Não quero mais gerar expectativas

Quero paz dentro de mim...
Descansar...
Estou cansada dessa escravidão a um sentimento surreal
Já chega...
Quero saltar, aliviar a dor que cheira a morte

Quero Paz...

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Se Chover Hoje a Tarde




"Tenho uma grande obsessão
pelo amor em sua plenitude
por seu episódio, sua razão
seu glamour e sua infinitude

A clemência por lábios de maçã
não cessaram pela manhã
as carícias de mulher
do jeito que assim fizer
aquele olhar avassalador
terás ternura no seu calor
no encontro de palavras e atitude
na sua emoção, que me confunde

Se chover hoje a tarde
saiba que penso em você, amor
pois a recordação de você, amor
se faz necessária com todo fervor
pois nada que transborda amor
se faz chato ou repetitivo
me faz é ficar mais intuitivo
concentrado, reflexivo
por todas as vezes que eu 'me' fizer amor
deixando claro a quem quiser sentir este sabor

Me dê as chaves do seu coração
deixe-me abri-lo
entrar, te desvendar, te sucumbir
caracterizando
o amor que aqui se faz existir."

(C. Eduardo™)

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Esclarecendo a Si Mesma




"Nenhuma palavra que eu escrever ou disser
irá substituir o carinho que há em você, mulher
nada que vai e vem em minha mente
me deixará menos transparente
de desejos em noites ao seu lado
que podem deixar bobo e apaixonado
todo e qualquer coração carente
que vagueia em sua frente
pra chamar sua atenção
pra abrir as portas de sua emoção

Nada que transpire sentimento
pode ser desativado em nenhum momento
tem que ser é colocado como algo de extrema importância
diante deste mundo de caos, sem nenhuma relevância (...)

Nada que eu fizer, irá tirar de minha memória
pessoas presentes em minha história
pois seria ridículo dizer não
a todo amor que foi me dado
e não é que eu queira viver do passado
mas certas recordações fazem-se necessárias
pra que não se perca a sensibilidade
a compreensão do amor e da realidade
de que você é mais importante que qualquer depressão ou solidão
qualquer diagnóstico de fúria ou frustração...

Nada em minha expressão facial
dirá o quanto quero o incondicional
o extraordinário, o espetacular
o avassalador, o que vem pra rasgar...
toda palavra de insanidade:
saudade, crueldade...
tire isso de mim
e coloque de volta o amor aqui, sem pestanejar
pela ternura do momento
pelo brilho de algum lugar''.

(C. Eduardo™)

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Abrindo o Coração, Sempre...





"Nunca vivi de aparências
sempre fui este ser
que evita as exigências
e que sonha a cada amanhecer

Espero ter caráter
pra fazer as escolhas certas
pra não andar por ruas desertas
pra perceber que não há
em minha existência
algo que traga
dor na consciência

Espero ter honestidade
juntamente com a dignidade
pra ser dedicado
pra fazer o meu lado
uma luta por um ser melhor
pra não me sentir assim tão só

Espero ter personalidade
pra não me levar pela futilidade
de coisas sem sentido
pra não prejudicar a migração
de uma boa reputação

E desejo amar
de forma peculiar
quem assim quiser
e fizer por onde
pra felicidade
ficar sempre próxima
a mim
pra prosperidade
ter sua moradia
sem fim
afinal, não estou aqui de bobeira
e sim vivendo uma emoção verdadeira".

(C. Eduardo™)

Vai Passar


Se era isso que queria fazer conseguiu...
Machucar esse pequeno coração que sangra
Mentiras que me destroem, que me matam mais uma vez
Deitei ao chão e olhei pela porta
O lindo céu azul e vi nuvens brancas
Elas formavam um coração... e logo se desfez no ar...

É assim que está o meu desfeito
Sem esperanças, você conseguiu
Queria muito ter te amado, mas não tive a mera chance
O pequeno sentimento que existia foi destruído
Pelas tuas palavras mordazes...

E o que eu queria?
Te contar algo, ter teu abraço
Somente um belo carinho
Ver teu sorriso...

Tudo bem, vai ficar tudo bem
Não tive a intenção de te provar nada
Nem de te pressionar contra o chão
Estou no chão e vejo uma nuvem em forma de anjo

Estou bem... vai passar...
Colocarei minha máscara e tudo ficará bem...

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Liberdade em Movimento




"Sua chegada foi de um furacão
trazendo luz ao meu horizonte em sua expansão
causando arrepio constante
dando cor ao meu semblante
revitalizando um coração outrora partido
e que estava sem nenhum cais, perdido

Conceber algo assim, traz alegria a vida
constrói alicerces sem pensar em despedida
materializa em carinho e verdade
conceito que torna realidade
de estar próximo, em cumplicidade

Ficará guardado em minha memória
momentos bons de nossa curta história
direcionado em sinceridade, entre nós
e mesmo distantes, não estaremos a sós
pois a lembrança se fará presente em cada introspecção
em cada nova fase, em sua imensidão
despertando o desejo, em uma futura projeção

Saudade ficará, e só o tempo dirá
tudo que vivemos, na proporção que há
fincado em afeto, carinho e ternura
sentimento e uma dose de loucura
fazendo valer a pena
toda e qualquer cena
de liberdade em envolvimento
meiguice no singelo momento
prazer de ter sua companhia
que iluminou em uma semana
meu dia-a-dia."

(C. Eduardo™)

domingo, 30 de outubro de 2011

Coração Submerso




Antes era fácil não havia sentimento
Agora a tristeza me consome
Causa dor e medo...
Quero forças, por que toda palavra me machuca
Será que tudo é engano e não há uma gota de verdade?

Sofrimento e sensação de desprezo
Meu coração na mão de alguém
Coração bobo que se entrega sem ver os limites
Que acredita na busca de amar

Queria dormir, mas não consigo
Meu coração submerso em detalhes de promessas
Mente que não para na falta de você
Sinto que tudo é brincadeira
E isso me faz mal...

Queria não sentir isso, mas já lutei tanto
Perdi as esperanças, os dias tem sido difíceis
E você não está...
Vou dormir agora, vai passar...

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Queria que Você Estivesse Aqui




A chuva começou a cair lá fora...
Calma e serena...
Se você estivesse aqui ia escutar sua risada gostosa
Sentir o seu cheiro, afagar meu rosto nos teus braços...
Te sentir...

Queria que você estivesse aqui para ver a chuva cair
E olhar nos teus olhos...
Quando você me olha parece que ver dentro de mim
Gosto das nossas conversas...

Sempre tem cor, gosto, sensações
Tuas palavras bobas e as vezes sérias
Queria deitar ao teu lado passar a mão em seu rosto
Te fazer carinho e saber que você está perto de mim

Você está tão perto e as vezes tão longe...
Só quero te abraçar, ter a sensação que tudo vai dar certo
Quero que fique melhor as nossas intimidades
O nosso jeito de ser...

Realmente já somos nós...(risos)
E eu te quero aqui, ver a chuva cair, se entregar pra ti
Te ver dormir e sonhar...

domingo, 23 de outubro de 2011

Caos




Tá tudo errado e meus sentimentos não são mais os mesmos
Eu desisto... Não tenho mais forças para esperar e nem ao menos para lutar
Tá doendo, para ti todos são importantes
E eu tenho que esperar?

Preciso de cuidados e entender, mas cansei
Minha vida parou
E não gosto de depender dessa forma
Sinto que sou só eu e não há retorno

Me sinto perdida
Meu coração quer me maltratar e não vou deixar
E não vou dar uma chance para o amor sozinha
Sem você vai ser difícil, mas sei que vou ter que continuar
Se eu sentir saudades vai ser um golpe mortal

Mas quero um sinal
Não suporto mais quero ficar longe de você
Está tudo me fazendo mal
Não dá mais para ficar perto de você e não te ter

Me deixa assim é melhor
Você não tem a intenção de me amar
Seu coração é traiçoeiro, não sabe o que é amar
Nesse jogo quem perde sou eu
Cansei das mentiras...

Não dá mais para sermos somente amigos
Fique bem eu vou orar por você e quando meu coração puder te perdoar
Ele não vai mais doer e eu vou conseguir
Quero que sejas feliz e encontre o amor e viva intensamente

Tudo vai ficar bem agora está um caos...

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Sem me Esconder





Esqueço de mim ao pensar em ti...
Tudo me tem feito tão mal
Eu luto por nós nessa guerra sem limites
Mas fico sem forças...

Se eu te magoei te peço perdão
Mas estou ferida e sozinha aqui
Estou sentindo demais a sua falta
Estou aprendendo o que é amor...

Você me tem nas mãos
Calma eu não quero outra pessoa
Eu te quero...
Não tenho bola de cristal
Só estou ligada à você

Quero teu sorriso lindo e o teu jeito sem graça
Tá vazio sem você, com você tudo é bom
Nunca senti isso... Te desejo demais
Pensando bem eu gosto muito de você
Vou deixar você saber

Esse sentimento fomos amigos
Contamos segredos...
Mas agora o que é que a gente faz?
Não dá mais para sermos somente amigos

Não vou esconder... vou falar...
Vai ficar difícil sem você
Não dá pra te deixar, acho tão bom tudo
Tudo tem tua cor...
Tenho medo de te olhar nos olhos

Eu não estou curada, bastou te ver de novo
E voltou tudo outra vez
Vou mentir pra não mostrar os traços desse sentimento
Vou mentir e dizer que não tem sentimento
Mas não quero sofrer...

É melhor te evitar, evitar o gosto do seu beijo
Passamos tanto tempo longe e olha você outra vez
Perturbando minha paz, tirando meu sono
Se eu pudesse ficar só, ia te esperar de mansinho

Não posso mais, mas não quero me esconder
Vai ser difícil sem você
Não quero te perder e nem me arrepender
Eu estou com medo...

Me implora para que eu fique
Não me deixa ir...
Quero muito te amar
Me deixar te amar
Não é impossível o amor acontecer...

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Ele e Ela


ELE anda cansado das baladas e dos casos furtivos sem sentimentos. Aprendeu a gostar da própria companhia, sem precisar estar em uma turma de amigos todos os sábados. Decidiu que quer um amor verdadeiro… que pode nem ser eterno, mas que traga um sabor doce às suas manhãs, que seja a melhor companhia para olhar a lua. Que ele possa exibir os seus dons na cozinha e o seu conhecimento em vinhos, só para ela.

Quer uma mulher que ele reconheça pelo cheiro dos cabelos, pelo toque dos dedos, pela gargalhada que vai ecoar pela casa transformando um domingo sem graça, no melhor dia da semana. Quer viver uma paixão tranqüila e turbulenta de desejos… quer ter para quem voltar depois de estar com os amigos, sem precisar ficar “caçando” companhias vazias e encontros efêmeros. Quer deitar no tapete da sala e ficar observando enquanto ela, de short jeans, camiseta e um rabo de cavalo, lê um livro no sofá, quer deitar na cama desejando que ela saia do banho com uma lingerie de tirar o fôlego.

Quer brincar de guerra de travesseiros, até que o perdedor vá até a cozinha pegar água. Quer o poder que nenhum dos seus super heróis da infância tiveram… o poder de amar sem medo, sem perigo e sem ir embora no dia seguinte.
Quer provar que pode fazer essa mulher feliz!


ELA quase deixou de acreditar que seria possível ter vontade de se envolver novamente. Foram tantas dores, finais, recomeços e frustrações que pensou em seguir sozinha para não mais se machucar. Então percebeu que a vida de solteira já não está fazendo tanto sentido. Decidiu que quer um amor verdadeiro… que pode nem ser eterno, mas que possa acordá-la com um abraço que fará o seu dia feliz, quer um homem que ela possa cuidar e amar sem receios de que está sendo enganada. Quer a alegria dos finais de semana juntinhos, as expectativas dos planos construídos, o grito de “gol” estremecendo a casa quando o time dele estiver ganhando… a cumplicidade em dividir os segredos.

Quer observá-lo sem camisa, lendo o jornal na varanda… quer reclamar da bagunça no banheiro, rindo e gritando quando ele revidar puxando-a para o chuveiro, completamente vestida.
Quer a certeza de abrir a porta de casa e saber que mesmo ele não estando, chegará a qualquer momento trazendo o brigadeiro da doceria que ela gosta tanto. Quer beijar, cheirar, morder, beliscar e apertar para ter certeza que a felicidade está ali mesmo… materializada nele.
Quer provar que pode fazer esse homem feliz!



De: Fabio Carreira

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Pessoas


‎*Estamos com fome de amor*

O que temos visto por ai ??? Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes.

Com suas danças e poses em closes ginecológicos, cada vez mais siliconadas, corpos esculpidos por cirurgias plasticas, como se fossem ao supermercado e pedissem o corte como se quer mas... chegam sozinhas e saem sozinhas...

Empresários, advogados, engenheiros, analistas, e outros mais que estudaram, estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos...

Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos "personal dancer", incrível.

E não é só sexo não! Se fosse, era resolvido fácil, alguém tem dúvida?

Sexo se encontra nos classificados, nas esquinas, em qualquer lugar, mas apenas sexo!

Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho, sem necessariamente, ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico na cama ... sexo de academia . . .

Fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão "apenas" dormir abraçadinhos, sem se preocuparem com as posições cabalisticas...

Sabe essas coisas simples, que perdemos nessa marcha de uma evolução cega.

Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção...

Tornamo-nos máquinas, e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós...

Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada nos sites de relacionamentos "ORKUT", "PAR-PERFEITO" e tantos outros, veja o número de comunidades como: "Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a desesperançada "Nasci pra viver sozinho!"

Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários, em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis, se olharmos as fotos de antigamente, pode ter certeza de que não são as mesmas pessoas, mulheres lindas se plastificando, se mutilando em nome da tal "beleza"...

Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento, e percebemos a cada dia mulheres e homens com cara de bonecas, sem rugas, sorriso preso e cada vez mais sozinhos...

Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário...

Pra chegar a escrever essas bobagens (mais que verdadeiras) é preciso ter a coragem de encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa...

Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia isso é julgado como feio, démodê, brega, familias preconceituosas...

Alô gente!!! Felicidade, amor, todas essas emoções fazem-nos parecer ridículos, abobalhados...

Mas e daí? Seja ridículo, mas seja feliz e não seja frustrado...

"Pague mico", saia gritando e falando o que sente, demonstre amor...

Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais...

Perceba aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, ou talvez a pessoa que nada tem a ver com o que imaginou mas que pode ser a mulher da sua vida...

E, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois...

Quem disse que ser adulto é ser ranzinza ?

Um ditado tibetano diz: "Se um problema é grande demais, não pense nele... E, se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele?"

Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo, assistir desenho animado, rir de bobagens e ou ser um profissional de sucesso, que adora rir de si mesmo por ser estabanado...

O que realmente, não dá é para continuarmos achando que viver é out... ou in...

Que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo, que temos que querer a nossa mulher 24 horas, maquiada, e que ela tenha que ter o corpo das frutas tão em moda, na TV, e também na playboy e nos banheiros, eu duvido que nós homens queiramos uma mulher assim para viver ao nosso lado, para ser a mãe dos nossos filhos, gostamos sim de olhar, e imaginar a gostosa, mas é só isso, as mulheres inteligentes entendem e compreendem isso.

Queira do seu lado a mulher inteligente: "Vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois, ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida"...

Porque ter medo de dizer isso, porque ter medo de dizer: "amo você", "fica comigo", então não se importe com a opinião dos outros, seja feliz!

Antes ser idiota para as pessoas que infeliz para si mesmo!

Arnaldo Jabor

domingo, 16 de outubro de 2011

Arrepios



Eu não consigo dizer adeus, mas devia
Não precisava ser dessa forma
Mas obrigada por aceitar
Preciso te deixar
seguir se não vou me perder

Preciso sentir falta para avaliar o que está acontecendo
Vou sair para ver o que há de melhor em mim
Já sei o que há de melhor em você
Já sei do seu cheiro e o que me arrepia a espinha

Teu corpo, teu cheiro me consomem
Não sinto tranquilidade, mas como ficar longe do teu corpo?
Me achas forte, mas sou tão frágil
Tenho fugido dos teus encantos

Nossos corpos juntos unidos e a não preocupação do tempo
Te sinto tão meu e ao mesmo tempo distante
Fui tão sua e me afasto de ti devagar
A cama é palco pra nós

Música até ela confirma, mas não tenho certeza de mim
Não consigo tirar tudo da minha cabeça
Tento esvaziar minha mente, mas é inútil
Foi tão diferente parece que meu corpo conhecia o teu

Ainda sou uma menina que fica boba com palavras
E pensas que sou forte?
Não pede mais pra Lua por que eu vou
Não olha mais o sol por que ele não sabe

Não faço juras e nem declaro nada, mas quero ver as tuas respostas
Quero ser paz pra ti
Silêncio para te ouvir
Quero tanto te amar, mas não consigo confiar

A dança foi ótima, o prazer intenso...
Mas se não queres conversar deixa eu pensar
Em como vou fazer e de que forma vou te machucar
Para não mais te violar...

Pois quero esperar bons ventos, ter arrepios de amor,
Me entregar pra valer, deixar me envolver
Envolver alguém com meu corpo
Proteger e me sentir protegida

Se não queres mais me deixa ir
Se não tem a intenção me diz logo de uma vez
Já teve o que queria e eu também quis
Me deixa voltar a sonhar...

Não sei o que quero, as vezes quero amor de verdade
As vezes prazer somente prazer
Quero voltar a sorrir de verdade e ter um beijo bom...
Podemos mais...
A tua pele na minha...arrepios...

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Você Faz Falta



Lembrei de tudo... do relógio, das nossas conversas
Como sinto saudades, você era tudo
Nos seus braços não era nem menina e nem ao menos mulher
Não posso te ter aqui comigo e isso dói profundamente
Que sentimento esse senti por você?

Mas deveria ter dito que te amava
Foi o sentimento mais puro que senti
Sinto tanta sua falta que as vezes me perco
Não sei caminhar ainda estou aprendendo...
A viver sem você por perto

Quando você estava comigo era mais fácil
Quando estava por perto era bom
Não tenho mais tuas fotos e as vezes não lembro mais do teu rosto
Mas sinto tua falta

Como queria você de volta e sentir tudo de novo
As nossas conversas... Não tínhamos segredos
Conhecias tudo de mim e eu conhecia tudo de ti
Tua impulsividade, tua paixão

Como aprendi contigo, sinto que ficou uma parte tua comigo
Tua risada linda, teu olhar
Como tenho saudades...
Mas tudo bem é só saudades

Perdoe-me pelo o que não foi dito
Já que não posso falar a ti, escrevo... Eu Te Amei...
Lágrimas descem no meu rosto,
você faz falta...

sábado, 8 de outubro de 2011

Coisa de Pele

...


Quando estou perto meu corpo vira chamas
Quando longe minha alma incendeia
Sabe? É de molhar o instinto...
Vontade essa que ofusca minha mente

Isso é verdade, é querer bem
Não consigo ficar longe e ao mesmo tempo nem perto
Quero te ter longe do alcance das mãos
É perigoso, mas é uma tortura...

Te olhar, te desejar a ponto de suprimir esse querer
Quero te arranhar inteiro por dentro
Para que sintas o tamanho do desejo
Sou uma simples mortal contigo

Queria entregar tudo de mim da melhor maneira
Ser tua menina levada(risos)
Sentir...
Espero anciosa por isso...

É coisa de pele nós dois, é o certo e o errado
O próprio e o improvável...
Imaginação voa alto, o corpo já não cabe em si
Te quero..., mais do que isso entrar dentro de você

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Silêncio




Mais uma noite de pensamentos contigo...
Mais uma noite sem você aqui,
Tempos e amores e não falamos de amor
Teus caminhos confusos,
mas sentir teu cheiro muda tudo...

O desejo acende, quero te abraçar forte
E deixar que por um instante único,
Sintas meu corpo em ti, por um instante...

Teu olhar que me deixa curiosa
Queria saber o que passa na sua cabeça nesses momentos
Queria ler tua mente na hora do desejo que vejo nos teus olhos
Mas as horas passam rápido...
Coração acelera, vontades...

Como vou dizer não se meu corpo diz sim?
Sou uma rosa nua sem você
Tudo me lembra...
Meus pensamentos te buscam incessantemente

As lembranças de uma noite de loucuras
Tua face, teu prazer, teus gemidos
E essa vontade louca de te ter
Teus carinhos, manias...

Você já me faz falta e oro a Deus
E na sua ausência te quero aqui
e dizer que vc faz falta...

Me abraça denovo da mesma maneira...
Ah... os teus beijos...
na tua ausência escreverei teu nome
sobre a mesa deixarei um recado...

"Estou em silêncio, esperando você falar,
você está nas respostas, nas entrelinhas,
Deixo você descansar, ficarei quietinha,
Na ausência uma canção,

Ficarei esperando você chegar, mas não demora
a saudade aperta meu peito e me faz ficar sem ar...
Se eu estiver dormindo, me beije e deixe uma rosa ao meu lado,
saberei que veio aqui e que sente o mesmo que sinto

Sou aquela que espero seus beijos e sua verdadeira chegada
e quando decidires se jogue entre meus braços
e fique comigo, te amarei por toda a noite e meu coração será seu...
Sua amiga e amada..."

Imortalizado em Minha Existência


"Instigar-se é o que há no momento
e para se evitar o sofrimento
deve-se deixar de lado quem já o fez sofrer
pra então assim perceber
que você é muito maior que qualquer solidão aparente
e que nessas horas, tornam o mundo bastante evidente

Corre nas veias o desejo de ter alguém ao meu lado
mas se não for especial, deixa...pois já estou acostumado
a lidar com decepções, que caracterizaram anos sem amor de verdade
que corrompem a alma, podem frustrar, e deixar-me em inferioridade

Diagnosticar os pequenos detalhes deixados em flutuação
fincam a realidade de uma possível aproximação
a quem realmente quer conhecer seu verdadeiro 'eu'
o seu interior
consolidados em palavras que falem de amor
que olhe pra frente, que se orgulhe até de seus defeitos
de seus risos bobos e de seus trejeitos
do olhar apaixonado e da transpiração
em cada beijo roubado, em sua devoção

Construir os alicerces, porém, é o que mais de difícil há
chegar próximo desse amor e saber aproveitar...
os dias que virão, dirão o quão pode acontecer o inesperado
desejando sempre o melhores acontecimentos, relaxado, sossegado
com o mais nobre coração, na espreita de uma doce relação
que trará magia, a real fantasia
de ter o amor de volta, em tempo-espaço, em algum lugar
imortalizado em minha existência, toda vez que for me entregar."

(C. Eduardo™)

domingo, 2 de outubro de 2011

Loucura



Sou de me entregar
De corpo e alma na paixão
Mas não tente nunca
Enganar meu coração
Amor prá mim
Só vale assim
Sem precisar pedir perdão...

Adoro sua mão atrevida
Seu toque, seu simples olhar
Já me deixa despida
Mas saiba que eu
Não sou boba

Quando estou amando
Eu sou mulher de um homem só
Desço do meu salto
Faço o que te der prazer
Mas, oh! meu rei
A minha lei
Você tem que saber...

Eu não como na mão
De quem brinca
Com a minha emoção...

Sou mulher capaz de tudo
Prá te ver feliz
Mas também sou de cortar
O mal pela raiz...

A Loba Música de Alcione

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Falar de Amor




Na madrugada de ontem conversei com o meu amigo Kadu Oliveira e como não falar de amor. Mas a conversa tomou outro teor, as decepções do amor.
Toda mulher e todo homem quer encontrar a pessoa "certa", a questão é que até encontrarmos, erramos e sofremos. Como diz o Ápóstolo Paulo o Amor é sofredor, e é isso mesmo.
O sofrimento causa medo, insegurança. Amar é declarar que se dá por vencido, "perdi o jogo", "xeque-mate" ou outra expressão que queira dar. As lutas com o amor são tão intensas, mas todos querem um amor que lhe traga calma e insensatez, que desperte os desejos mais intensos, que haja a necessidadea entrega ou como diz um amigo meu dormir de conchinha.
Há o amor e seus mistérios, mas vale a pena se entregar , perder a razão, querer viver um amor. Falamos sobre isso ambos queremos viver algo real, escrever sobre o amor de verdade, sem ficção ou lembranças algo libertador, mas como fazer se o medo as vezes impede, ficamos na retaguarda por medo de sofrer, nos damos, mas não nos entregamos de fato.
Trágico o amor não correspondido...
É uma coisa concordamos Kadu e Eu é bom demais amar e como dá saudades!
Ter o coração completo e não vazio, ficar boba apenas com o outro olhar, admirar, querer conhecer outro universo...
Humm... amar, amor e seus dilemas...

Fogo



Entre sorrisos e olhares
Desejos misturados...
Tira sua roupa e se mostra pra mim
Deixa eu olhar e sentir o desejo de ter
Quero deitar no teu peito e sentir a madrugada
Me provoca e vamos fazer tudo que nossos corpos pedirem
Me beija...
Quero ver teu prazer, saciar tuas vontades
Joga-me sobre a cama, não precisamos falar nada
Nossos corpos já falam
Entrelaçados e a necessidade de mais
Quero que me pertenças
Te solta (risos)
Humm... Quero te ver sorrir durante o prazer
Te tocar, conhecer cada detalhe do teu corpo
Sussurros e gemidos...
Entrar dentro de você...
Somos fogo e não água
Fogo...

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Quando Não Vejo Nada


Eu chorei esta noite e lembrei das águas correndo
e o barulho das águas que me acalmavam
O meu choro foi intenso e com dor
Sinto tua dor, as tuas indecisões...
Preciso rasgar meu peito, gritar e ficar em silêncio
É um desatino te querer e não querer
Te tenho e não te tenho
Quero te abandonar e não abandonar
E não consigo ver nada...
É uma sombra na noite escura,
A tristeza me consome agora e nem sei por que
É tão dificil não tenho forças
Não consigo mais lutar, preciso respirar
Estou sufocada, me perdoe tenho que desistir
Preciso me esconder e me achar
Preciso viver sem ti
Tens que ir, mas deixa os pedaços de mim
Preciso dormir e não vejo nada
Não consigo mais ver teu sorriso,
Não consigo ver mais graça
Não consigo ver...
Dizem "Que o que os olhos não vêem o coração não pode sentir"
Então te deixo partir
Eu não vejo nada...

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Escolhas


Em meio a tudo te conheço...
Me mostras tudo de ti e saibas tudo de mim
Fala pra mim todos os teus segredos e anseios
Sei que não é pedir demais e não quero te incomodar
Só me toca com tuas palavras e teus sorrisos bobos
Gosto de passar os minutos olhando teus olhos
e te ver me olhar...
Tá bom eu espero, que seja com paz
Cada dia é um encontro de nossas emoções
Não é mais qualquer história
É a fantasia dos meus dias
A inocência do meu prazer
Sou eu o teu desejo oculto
Os sonhos mais profundos
Os céus podem esperar
Só não mais o meu anseio...
Entra nesta madrugada e descobre os meus desejos?
Não há mais como enganar a sua falta
Só não vou ser seu tapete
Te escolhi que os céus façam tudo
Vou fazer valer agora a vida que me espera
Viver também é minha decisão
Não me arrependo de ter dito sim...

domingo, 11 de setembro de 2011

Pra Não Esquecer que Existe Amor




"Deixe-me influenciar pelas canções
por ternuras e emoções
pra consolidar o amor ao escrever
pra singela chama não se perder
pra que nunca possa se acabar
qualquer fragmento de carinho, que paira no ar

Sendo um belo sorriso, porta de entrada de futuras preleções
não se pode deixar ir embora, os gestos nem as suas razões
pois o caminho para o amor é estreito e cheio de ramificações
cheio de grandes obstáculos e de inúmeras infiltrações

É difícil distinguir o amor, saber quando ele acontece
pode ser confundido com carência, com desejo que te aquece
pode enlouquece-lo em uma amizade colorida
ou brotar numa paixão, cicatrizando a ferida
pode ainda acontecer numa esquina, num fascínio de uma olhar
em toda e qualquer circunstância, quando se está aberto para amar

Já se fez manhã, tenho que sair...a vida lá fora me espera
mas não posso negar, que tenho pensado e muito, nela... (?)
o amor, quando chegar aqui, chegará sorrindo...
e eu o direi: 'seja bem-vindo'
aposente sua flecha, seu coração machucado, e qualquer resquício de dor
pois estará de volta o mais nobre licor: surgirá em doce presença
és você amor".

(C. Eduardo™)

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Incertezas



Nada é claro as histórias são tão incertas
No que posso ter certeza se suas palavras chegam a soar mentiras
Como posso esperar verdade?
Seus planos são sutis e mostram veneno
Sei que é um jogo, mas tu erras quando pensa em ganhar
Eu sei dos teus passos, não são difíceis de saber
Você deixa marcas por onde passa
Coração bandido o seu que não sabe o que é amar
Não me enganas em nada
Nós dois não somos tão complicados, só somos mal copiados
Quero que saibas que já não sinto mais nada
As emoções foram embora junto com os teus sorrisos falsos
É mais seguro caminhar sem você
Já não quero mais ser tua
Tu és a canção que não consigo entender
mas descrevo...
Queria te tirar de uma vez da minha cabeça
Mas as palavras me entorpecem cada vez que lembro de ti
Há uma música que nos descreve, não vou te contar...
Pensas que eu não sei?
Estás em meio a lençóis neste instante
Se esqueceu de me conhecer?
Como não perceberia?
Mas não dá pra dizer que não é impossível
Nós dois...
Não precisa mais disfarçar conheço teu olhar
Os teus mistérios não são mais mistérios
Chego a rir de tudo isso...
Sinto tua falta, mas tudo isso me desespera
Penso em ficar a distância, mas é algo para mortais,
De modos iguais
Penso em você e as emoções se misturam
Atire a primeira pedra se você quer desistir
E não quer mais caminhar nessa estrada
Tá ruim pra mim, já não consigo usar máscaras
Não temos mais segredos... Há não ser aqueles que guardo
O amor pode sim acontecer, mas como ter certeza?
Sermos amigos depois de tudo que falamos?
No espaço daquilo que já falamos, já deveriam ter acontecido decisões
Eu fujo e você vem...
É o ápice dos imortais...
Eu sempre confesso, você que não percebe
Resta as esperanças, mas nem sei se quero
Eu finjo que esqueço, mas não esqueci
Vejo teu futuro e guardo as lembranças
E não falo de passado
São emoções...
Procuro saídas e entro no seu caminho
Desculpas já não valem
Falar só por falar?
Meias verdades
Só são incertezas...

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Gotas de Orvalho


"Por uma fração de segundo
o universo será apenas nosso
quando estivermos a sós
nos amando intensamente
sob muitos lençóis

O carinho, o afeto, estará pleno
como gotas de orvalho, simples sereno
que cultiva, cativa
estimula a mágica do amor
reacende a chama desse ardor
renova a pele, a face, o coração
a paixão em sua imensidão

Dure o que durar
saberei dizer de verdade o que é amar
sem entregar sem receio
flecha do cupido que te acerta bem ao meio
pra demostrar o quão é importante saber
que o amor é lindo demais pra se temer
diluir-se ou esmorecer

Propague este anseio de amar
aonde quer que você vá
a ternura de quem ama, nunca pode acabar
nem por uma traição
nem pelo sofrimento de uma ilusão..."

(C. Eduardo™)

domingo, 21 de agosto de 2011

Ausência

Está frio aqui e tudo que posso ouvir é uma canção...
Queria ouvir a tua voz e soletrar o teu nome
Queria poder te contar meus segredos os mais íntimos
Quantas saudades chego a misturar o passado e o presente
na breve esperança de te ter
Te procuro em todos os lugares e não te acho
Onde está este que minha alma se desfalece?
Nas mais belas canções te encontro
O teu sorriso é lindo, como tenho saudades
Nesse vale escuro e frio
É a luz do teu sorriso que me faz bem
Que me tira da minha escuridão
Faz tempo que não sei o que é noite
Pois a tua luz me faz bem
A tua ausência dói,
mas as tuas palavras são boas
Queria te ter comigo agora,
te abraçar e sentir o teu perfume
Vou esperar a tua volta,
Sei que poderei te amar do jeito que deve ser
Ficarei aqui a te esperar na tua ausência
Farei poesias e canções ate que eu possa de ter...
Tá frio sem você...







quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Navegar


Não conheço o calor dos teus braços, mas sim os teus abraços
Abraços singelos onde encontro calma...
Você faz parte dos meus sonhos que as vezes acho distantes
é a minha ilusão favorita, que desejo ser realidade
Eu me contorço em detalhes para fazer-te bem
Quero cantar para ti a mais linda canção,
que envolva a tua alma, que deleite teu espírito
que te faça voar e me faça bem
Bem em ver o teu sorriso, a tua calma
Poderia te arrancar fúria, mas quero calma
Ver-te como teu nome é... paz
Paz que me aqueça no inverno
Que me dê arrepios no verão
Já enfrentamos vendavais,marés altas
que hoje seja águas tranquilas
Que compartilhe o melhor, o que vier
Quero navegar nos oceanos mais longínquos da tua alma
Eu
Navego e sinto Paz...


sexta-feira, 29 de julho de 2011

Noite

Se não fosses a escuridão a boa amiga
te vestiria de dia somente para te ver melhor...
Tú que escondes meu amado e vela ele dormir...
Há noite, queria ser uma estrela para que do alto de sua janela
Me visse brilhar antes de dormir

Noite de insólitas canções e desatinos
Sonhos que a qual pudesse saber a verdade do meu coração
Noite que se veste de negro e me inebria com sonhos...
Noite de segredos aos quais quero desvendar

Tú escondes noite o meu amado e o faz distante
Como descobrir seus segredos se tú o fazes dormir...
Nos meus sonhos noite mostra-me a sua face
Pois ainda não o conheço e quero desvendar-me

Há noite se soubesses a minha dor mostrarias
A Lua inteira e colocarias meu nome nela
Para que ele viesses logo a me encontrar
Noite bela me contas teu segredo?
Que eu conto a ti o segredo que me faz sonhar...

segunda-feira, 18 de julho de 2011

VINTE RAZÕES PARA AMAR UM CARECA

Fabrício Carpinejar




1. Não é que o careca é careca, ele tem mais rosto. É somente rosto. Sua mulher nunca erra um beijo em sua face. Atrás da cabeça ainda é bochecha. Não há aquele risco desagradável de engolir cabelo.

2. O careca é um ponto de referência em qualquer lugar público. No supermercado, por exemplo:
- Onde é o corredor do arroz?
- Depois daquele careca, à esquerda.

3. O homem larga a pose alfa, tem um maior contato com a natureza, arrepia-se com as gotas da chuva ou as lufadas geladas do vento.

4. A careca é uma zona erógena e pode ser aplicada como instrumento preciso para massagens eróticas nas costas da mulher. Trata-se de uma plataforma vibratória, com funções aeróbica, anaeróbica e terapêutica.

5. Fim dos furtos dentro de casa. O xampu e o condicionador da esposa duram o dobro de tempo.

6. O macho deixa de ser hipócrita, não perguntará para a mulher de quem são os cabelos no ralo ou na pia. Com o fim da concorrência, agora tem certeza que são dela.

7. Não corre o risco de se afeminar com o uso excessivo do secador.

8. Na pressa, não precisa tomar banho, apenas completar o polimento.

9. O careca não passará pelos vexames sociais da caspa ou do piolho.

10. Nunca envergonhará sua companhia pintando os cabelos de acaju ou recorrendo às luzes.

11. Reduz as possibilidades de câncer de pele. Começa a pôr protetor solar para sair ao trabalho, não se restringindo a se prevenir da radiação ultravioleta nas férias.

12. Não é bobo de gastar R$ 50 mil como Eike Batista para comprar uma peruca italiana. Não é bobo de virar sósia de Silvio Santos com peruca de R$ 50.

13. O careca é maduro, confiável, único homem que realmente abandonou a adolescência.

14. Ninguém reclamará que ele é vaidoso e que vive se olhando no espelho para ajeitar o topete.

15. Se cometer algum crime, pode mudar de personalidade colocando um chapéu, uma boina ou um boné.

16. O careca não enrola, assume o romance. É tudo ou nada. Não admite meio-termo: implante, aplique, calendário pilomax. Prefere uma cabeça raspada a falsas esperanças.

17. Rejuvenesce no ato. Aparenta cinco anos menos do que os seus colegas grisalhos ou de mechas tingidas.

18. Não existe mais nenhum problema que possa fazer o careca perder cabelo.

19. Elas gostam dos carecas porque os carecas se gostam.

20. Todo careca sabe quem foi Yul Brynner.

http://carpinejar.blogspot.com/2011/07/vinte-razoes-para-amar-um-careca.html

sábado, 9 de julho de 2011

Ele é como o vento


Se Deus me desse mais uma chance de estar contigo, seria tão feliz...
Quantas saudades sinto...
Eu já tirei as amarras estou livre, mas ainda acorrentada em você
És como o vento que vem tão impetuoso...
Eu ainda te amo

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Quando Ninguém Me Vê



Música interpretada por Alejandro Sanz
Cuando Ninguém Me Vê
Às vezes me elevo, dou mil ropopios,
Às vezes me confino atrás de portas abertas.
Às vezes lhe conto o por quê deste silêncio
É que às vezes sou seu e às vezes do vento.

Às vezes de um fio e a vezes de um cento
E a vezes, minha vida, lhe juro que penso:
Por que é tão difícil sentir como sinto?
Sentir como sinto que seja difícil...

Às vezes lhe olho e a vezes você se deixa,
Me empresta suas asas, revisa seus vestígios.
Às vezes por tudo ainda que jamais me falhe,
Às vezes sou seu e às vezes de ninguém.
Tem que vezes, lhe juro, que de fato sinto
Muito não lhe dar a vida inteira,Lhe dar somente esses momentos.
Por que é tão difícil viver?
Só é isso, viver, só é isso, por que é tão difícil?

Refrão:
Quando ninguém me vê, posso ser ou não ser.
Quando ninguém me vê, ponho o mundo ao contrário.
Quando ninguém me vê, o corpo não me limita.
Quando ninguém me vê, posso ser ou não ser.
Quando ninguém me vê

Às vezes me evelo, dou mil ropopios,
Às vezes me confino Atrás de portas abertas.
Às vezes lhe conto o por quê deste silêncio
É que às vezes sou seu e às vezes do vento.

Lhe escrevo dos centros de minha própria existência,
Onde nascem as ânsias, a infinita essência.
Há coisas muito suas que não compreendo
E há coisas tão minhas, mas é que não as vejo.
Suponho que penso que eu não as tenho,
Não entendo minha vida, se acendem os versos,
Que às escuras te digo "sinto muito!", "não é certo!".
Não acenda as luzes pois estou com
A alma e o corpo nus.

Refrão:
Quando ninguém me vê, posso ser ou não ser.
Quando ninguém me vê, me pareço com sua pele.
Quando ninguém me vê, eu penso nela também.
Quando ninguém me vê, posso ser ou não ser.
Quando ninguém me vê, posso ser ou não ser.
Quando ninguém me vê, o corpo não me limita.

Quando ninguém me vê, posso ser ou não ser.
Quando ninguém me vê, o corpo não me limita.
Quando ninguém me vê, posso ser ou não ser.
Quando ninguém me vê...

Às vezes me evelo, dou mil rodopios,
Às vezes me confino atrás de portas abertas.
Às vezes lhe conto o por quê deste silêncio
É que às vezes sou seu e às vezes do vento.
E às vezes do tempo...
Às vezes do vento...

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Mais uma História

Imagem ítalo Rios
Como eu quero acreditar que há ídas e vindas, mas sei que não acontecem...
Sei que você não tem culpa por não me amar,
Mas quero entender as coisas do teu coração
O tempo passa e eu te vejo além, e os motivos são além de te querer
Além de um momento...
O tempo não apaga e a vida se encarrega
De colocar nós dois face a face...
Tive que aprender a ter uma amizade contigo...
Mas chega a doer a mágoa que aumenta com o tempo...
Quero que o tempo apague a dor...
Como quero estar com você...
Minhas dúvidas e confusões,
Me afastam daquilo que até os céus planejaram
e os deuses conspiraram contra
Não vou mais pensar, vou tentar esquecer
Vou te perdoar, quero que sejas feliz
E vou esperar outra história começar
E um amor bater a porta como surpresa
Não vou mais chorar, as lágrimas acabaram com o tempo
Só sinto dor e uma vontade enorme de chorar
Por aquilo que não vivi
Vou recomeçar e acreditar
Espero não mais te ver e deixar para trás tudo que passou
Esta na mão de Deus...

APENAS MAIS UM DIÁLOGO COM O SENTIMENTO MAIOR




"Um frio na alta madrugada
te desafia de forma inesperada
traz a tona um desejo de paixão ardente
te remete a sonhos de adolescente
te retorna a um tempo de magia, e ao mesmo tempo, solidão
e te diz que carinhos e beijos não ficaram em subtração

Não se pode perder a esperança de novamente amar
pois eis o que nos move, o que nos faz sonhar
pois a vida sem amor é sem graça, e pode corroer seu sentimento
te maltratar e tirar de ti o que há de bom por dentro
fazer você parar de acreditar que deve ser feliz nos campos do amor
pois é isso que a insegurança quer: fazer você parar de sentir este sabor!

Os motivos para acreditar em um amor pleno
estão em casa: meus pais!
Viver tal experiência seria demais
pois chegar próximo ao imponderável é o que há
e sei que a sinceridade poderá me levar até lá
num misto de cumplicidade e afeto
surgirá no coração o amor completo

Já cheguei muito longe, e não posso voltar atrás
o destino me espera, logo após o meus cais
pra consolidar todo ato de poesia e ternura
delírio e loucura...
dizendo a mim mesmo, que nada disso foi em vão
nem um verso de amor
nem esta composição".

(C. Eduardo™)

domingo, 29 de maio de 2011

Quanto Tempo


Sei que bem parece canções do Roberto Carlos, mas não. É que faz tempo que não escrevo nada. Como diz o poeta " Tem que está com o coração cheio para falar de amor". Eu até que tenho sentimento no meu pequeno coração, mas um sentimento divino. Hoje o meu foco é Deus. Bom, sempre foi, mas hoje é só ele... Isso é bom e às vezes não. Posso falar bem disso estou passando pela sensação. Tenho um coração cheio da presença, mas vazio pela falta de sentimento mortal. Parece meio trágico as minhas frases, é bem o que sinto nesse momento. Estou curtindo umas férias de mim mesma... peguei meu barco e sai do porto dos amantes. E vou navegar por um oceano longínquo da solidão, mas cheio da presença de Deus. Claro, logo falarei de amor como viver sem.

quinta-feira, 31 de março de 2011

Namoro na Praça



Saí ainda pouco para comprar um objeto e bem na saída do meu trabalho tem uma pracinha. Hoje o dia amanheceu chuvoso e agora à tarde está bem mais frio. E olha só o que eu vi? Um casal namorando nesta praça.

Quem ler este texto vai dizer a Luana está boba de prestar atenção nisso, mas pensei como é bom namorar na praça? Como é bom conversar sem prestar atenção no tempo e namorar. Por que não? Aposto que quem visse iria querer (risos)

Legal, estou a pensar até agora! Até por que, o bom de viver é fazer essas coisas simples, inusitadas e que todo mundo queria fazer.
Ocorreu um erro neste gadget