domingo, 11 de setembro de 2011

Pra Não Esquecer que Existe Amor




"Deixe-me influenciar pelas canções
por ternuras e emoções
pra consolidar o amor ao escrever
pra singela chama não se perder
pra que nunca possa se acabar
qualquer fragmento de carinho, que paira no ar

Sendo um belo sorriso, porta de entrada de futuras preleções
não se pode deixar ir embora, os gestos nem as suas razões
pois o caminho para o amor é estreito e cheio de ramificações
cheio de grandes obstáculos e de inúmeras infiltrações

É difícil distinguir o amor, saber quando ele acontece
pode ser confundido com carência, com desejo que te aquece
pode enlouquece-lo em uma amizade colorida
ou brotar numa paixão, cicatrizando a ferida
pode ainda acontecer numa esquina, num fascínio de uma olhar
em toda e qualquer circunstância, quando se está aberto para amar

Já se fez manhã, tenho que sair...a vida lá fora me espera
mas não posso negar, que tenho pensado e muito, nela... (?)
o amor, quando chegar aqui, chegará sorrindo...
e eu o direi: 'seja bem-vindo'
aposente sua flecha, seu coração machucado, e qualquer resquício de dor
pois estará de volta o mais nobre licor: surgirá em doce presença
és você amor".

(C. Eduardo™)

2 comentários:

  1. Sou suspeito pra falar, mas adoro...rsrs...obrigado por postar Lu!!!!

    ResponderExcluir
  2. Amei demais essa! Amizade colorida é tudo de bom! rssss

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget