domingo, 25 de dezembro de 2011

Natal



Lembrei da minha infância nessa madrugada, da árvore na frente de casa cheia de lâmpadas de todas as cores.
Meu pai colocava as lâmpadas no começo do mês de dezembro e as luzes refletiam ao tapete de flores que se formava ao redor da árvore. Certamente, ficava a olhar aquelas luzes e meu coração era repleto de esperanças. Ficava imaginando coisas boas e pedindo para Deus coisas boas para as pessoas que eu amo. Época que me traz saudades.
Minhas amigas e eu tomávamos vinho com maça escondido por debaixo da mesa (risos). Pessoas rindo, música,comida na mesa, presentes e os nossos sorrisos de criança. Contava os dias para que chegasse o natal. Agora vejo essa mesma alegria pelos olhos do meu filho.
Apesar de não haver mais o mesmo sabor pra mim, por que a realidade é tão dura, olhar através dos olhos do meu filho me faz relembrar o quanto era cheio de significados o natal.
Um pequeno carro pra ele é felicidade e ele tem um coração grato a tudo que recebe.
Mas o melhor é que ele já entende que a comemoração maior é de que uma criança nasceu entre os homens e nunca mais o mundo foi o mesmo e que hoje meu pequeno filho e eu podemos ter salvação através do nome dessa pequena criança que veio ao mundo como príncipe da paz... Jesus! Deus eu te amo acima de tudo até mesmo do meu filho e de tudo o mais. Como sou grata a ti. Te amo Jesus!

Nathan você é meu presente filho e como eu sou feliz por te ter... Eu creio nossas vidas vão ser melhor nesse novo ano. Eu te prometo e profetizo pequeno Profeta...

E que venha 2012 e que venha cheio de surpresas e realizações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget