quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

O Perdão está Concedido



E agora nossas mãos já estão distantes
Todos, ou a grande maioria, sempre me vinheram com meias palavras...
E na infeliz tentativa de me mostrar
O caminho menos perigoso, me jogaram em meios as curvas mais sinuosas

Nunca um só "bom samaritano" mostrara ou conseguira expressar
as barreiras que eu vivia a encontrar no percurso que me levaria ao final feliz...
Não nego que ainda preciso do seu colo
Que somente seu calor era meu descanso

Mas você complicou amor, assim como os demais
Amores que me atormentaram, e eu já não
Estou disposta a lhe conceder minha eternidade
O futuro que parecia nos sorrir virou fumaça.

By:Jahnnyne Lima a muito tempo atrás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget