sábado, 28 de janeiro de 2012



"A próxima vez que a gente se encontrar, eu vou te dar um beijo, sem pensar... Calado.
A próxima vez que a gente se beijar eu vou querer o mundo, com você do lado
Por que não tentar comigo?[...] Da próxima vez que a gente se encontrar eu vou te abraçar, vou chorar, vou morrer... Só pra te fazer sorrir... ♫ "



Ainda te amo





Nunca deixarei de te amar mesmo que o véu escuro da morte
baixe sobre os nossos olhos mesmo assim ao lado da minha
sepultura nascera rosas e a na sua estará coberta de pétalas e
estará escrito com o meu sangue que ainda te amo ainda te amo....

Enrique Silva 




atendo a pedidos

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Carta a Uma Amiga...



"Sei que desejas
alguém com ternura
sei que almejas
alguém desta altura
pra te elevar
ao mais sublime sentimento
pra te conquistar
e tirar a dor e o sofrimento

Não se entregue porém
ao primeiro cortejador do dia
que traz palavras fúteis
sem graça ou alegria
não se entregue também
aquele cara da floricultura
que ao te ver passar
te chama de doçura

nem se entregue
ao maestro do violão
que pra te seduzir
te canta uma canção

nem se entregue
ao olhar avassalador
que te despe
e te leva pra cama sem amor
nem se entregue
ao ex, nem ao funcionário do alto escalão
pois nenhum vai usar
a voz que vem do coração

Se entregue sim
ao que te fala com poesia
ao que traz o sol que te irradia
mesmo em dias de TPM...
se entregue ao cavalheiro
e faça dele seu marceneiro
pra moldurar teus sonhos
bem-vindos e risonhos

Se entregue a ele
sem piedade
e ao seu amor
libere a vaidade"



(C. Eduardo™)

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Coração que Sangra


É aqui que eu finalizo...
Que pena que não ouve reciprocidade de palavras
Infelizmente não tivemos a chance do adeus...
Muito menos o começo

Meu coração carrega feridas com seu nome escrito
Queria ao menos te perdoar, eu só falei...
As mágoas ficaram e me impedem de viver
Outra vez fui traída pelo meu instinto de te ter

Me devolve? por que você levou partes de mim contigo
Mas não será como da última vez
Vou tirar teu cheiro da minha pele
A sensação de te ter por perto

Não acredito mais em você e isso faz doer minha alma
você se tornou o contrário de mim e o igual ao que falaram
Não quero mais brigar...
Palavras mordazes não valem a pena

Não consigo mais sonhar e quero voltar a sonhar
E acreditar e te olhar e dizer simplesmente, como vai?
Quero te desejar sorte e não quero lembrar nem do que foi bom
Pois hoje acredito que tudo foi ilusão...

Ilusão, insensatez, tolice, a pior forma de desatino
Me arrependo amargamente
Espero que me perdoe, pois não devia ter me permitido
Não devia ter te violado

Quero somente esquecer que passou na minha vida
Ou que passei na sua
Que pena que nunca foi verdade pra você
Eu criei um conto de fadas

Fiz um papel que não era meu
Alma perdida, saudade que não passa,
Lembranças que quero apagar e não consigo
Coração que sangra...

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Avesso




Quem nunca escreveu errado àquela pessoa certa, ou pior... Qual miserável coração nunca escreveu certo para tal pessoa errada.
O que mais pesa é saber que de nada ajudará: apagar, rasgar, amassar, mandar mensagem para corrigir o escrito ou o destinatário; no fim trincar e estilhaçar não distinguem tanto quanto conta aquele senhor latejar ilusório.


I can't believe that I still want you...

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Instrumento Passional




"Cabe a mim não esmorecer, não declinar
apenas compor e me amar
cabe a mim sorrir, a cada gesto de carinho dado
conservar a melodia e o coração alado
filiar-me a sutileza da paixão e do romance
na tentativa de ter ao menos uma chance
de tornar-me útil ao sentimento maior
pra assim, trazer-me o melhor

Cabe a mim ser sincero e plural
fazer-me um instrumento passional
dedicar-me a algo concreto e real
dinâmico e fora do normal
pra consolidar em minha vida, em minha existência
explicações que retiram-te a dor e a carência
e fazem você sonhar com a beleza de um futuro
afastando-te de si qualquer lado obscuro

Cabe a mim abrir o coração
ser honesto e fomentar essa emoção
pra que possa, então
deixar em você vestígios de minha presença
focando esta eminência
em realidade, em verdade
certeza e plenitude
algo que não ilude
e traz o amor em primeiro lugar
realizando o desejo de perto dele estar".

(C. Eduardo™)

domingo, 8 de janeiro de 2012

Resolvi escrever sobre esse ano...2012


Resolvi escrever sobre esse ano...
Esperei tanto de 2011 que fico sem expectativas para esse ano de 2012. Sem sombra de dúvidas, 2011 foi muito bom. Fiz novos amigos como o Aluizio Ribeiro, Wayna Isa, Isabele Tavares, Thamily Winni, Jorge K. Oliveira, Wescley Souza e tantos outros.
O que eu pedi para Deus foi feito, não posso reclamar, pessoas que me humilharam me pediram perdão e outras andaram comigo e era melhor que não tivesse pedido, mas eu queria ficar bem, mas não tive sabedoria. Era para ter pedido perdão e continuado sem olhar para trás. Acabou que fiquei pior do que antes. Também revi amigos e convivi de uma forma especial a isso deve-se o nome de Jahnnyne Lima e Alexandre Souza, meus filhos na fé que foram guerreiros de andar comigo. Senti saudades apesar de que o começo do ano passei ao lado delas de Paula Cavalcante e Patricia Cavalcante pessoas que Deus colocou no meu caminho e que sempre cuidam com oração do meu ministério. Bom, mas não vou falar mais nisso, passou o ano de 2011, ano que muitas promessas deveriam acontecer e não aconteceram. Vou atribuir a culpa a mim mesma.
Entrei o ano de 2012 como eu queria foi bem especial pra mim, mas se entregar demais é errado a decepção veio em seguida o que tinha pra ser um sonho se tornou meu pior pesadelo.
Agora quero que esse ano simplesmente aconteça o que mais quero e vou me esforçar para conseguir é o sucesso profissional, aliás agora sou eu e o Nathan se não conquistar por mim tenho que conquistar por ele.
Além de eu dizer que nesse ano quero isso e aquilo, eu agora vou dizer esse ano não quero sonhar, esse ano quero conquistar, alguma coisa se possível.
Esse ano eu vou parar, não quero saber de nada espiritual, mas não vou deixar de amar à Deus. Nesse ano não pedirei nada... Amor não acredito mais... Paixões que estejam longe de mim não quero viver mais nenhuma história cansei de me machucar...Chamado, algo que não existe pra mim...
Filho, será o motivo para batalhar por algo...
Amigos...? dessa vez não quero ninguém perto de mim, preciso ficar só e me recuperar...
Ajudar alguém? não me chamem não serei uma boa ajuda nesse ano... Pedir ajuda? é melhor não, já me chamaram de fraca por isso, e de neurótica o que é pior...
Que Deus me perdoe, mas dessa vez quero muito se houver um tempinho e condições, quero viajar pra qualquer lugar e ter as pessoas o mais longe que eu posso de mim...
Vou sim falar com Deus e não pedirei nada, vou agradecer por tudo que eu tenho e sou grata de ter vida...
Sei que ajudei pessoas que bom que servi para alguma coisa nesse ano eu ajudei e me dei mal..., mas tudo bem sou grata e fico feliz por isso..."Me alegrei com os que se alegram" Tem pessoas que quero é esquecer que existiram na minha vida... se eu pudesse voltar atrás apagaria tudo e não atravessaria o meu caminho com tais pessoas..., mas tudo bem nunca fui covarde passou é me recuperar agora.
Bom, 2012 chegou e se eu pudesse apagar 2011 apagaria alguns momentos, como não posso suportarei as lembranças e as ilusões que eu mesma criei.
Quero chorar sem ter ombro nenhum, simplesmente chorar por aquilo que foi engano, quero descansar, só olhar para algum lugar e passar horas sem esperar nada, preciso descansar... é assim que te recebo 2012...
Seja bem vindo...

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Sua Voz




Sabe o que é pior?
Ouvir tua voz e achar que está tudo bem
Ouvi notícias de você...
E é tudo tão incerto
Você continua mexendo na minha vida

Quero mudar tudo pra deixar de ser difícil
Difícil de te ver
Quero arrancar tudo desse coração que pulsa você
Sabe o que é pior ouvir de pessoas que só eu me apaixonei
Saudade até mesmo dos teus gestos

Vejo hoje que está tudo perdido
O que poderia ser amor se tornou um sentimento estranho
Vazio...
Apesar de tudo sinto tanto tua falta
Tá tudo errado...

Estou evitando tudo que me lembre você
É uma mistura de raiva e querer
Foi pior do que traição...Foi desatino
A tristeza me invade quando me lembro de tudo
O pior é que nada existiu...

Não quero mais ouvir tua voz, não quero mais ver tua face
Nem lembro mais do sabor dos teus beijos
Foram tão poucos...
Está tudo tão indiferente dias iguais...
Deve ter chegado ao final
O que fizemos de nós?

Pode haver surpresas...
Mas não vou deixar o tempo correr para nós
São tantas mentiras
E eu me lembro tanto de você e da sua pele
Sua risada, sua voz...

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Jogos



Estou em pedaços...
Pedaços tão pequenos que não dá pra recolher
É melhor deixar no chão...
O que é pior que a culpa recaiu novamente pra mim

Erro mesmo me deixar levar e acreditar...
Estou destruída outra vez
E quando vou poder me levantar
Não consigo mais fingir

Vai ver são mesmo neuroses
Eu deixei mesmo meu coração cair e despedaçar
Esse lado de você que eu nunca soube
Não importa mais nada, mas não venha dizer que você me entendeu

Não podemos mais ser amigos
Foi jogar comigo
Estou me sentindo usada
Me perdoe se não fui o melhor pra você

Acabou as esperanças
Realmente eu não importo mesmo
E você não precisa de mim
Fui só um degrau nada mais

Fale mesmo de mim e diga a todos a idiota que eu fui
De acreditar no que não existiu
Como eu vou ficar?
Que bom que não se preocupa
Como dizes a escolha é minha
E a culpa também
Posso ver você claramente

E nesse jogo eu perdi o que restava de mim
E não acredito mais
Em pensar que poderíamos ter tido tudo
As cicatrizes se tornaram feridas novamente
Mas vá seja feliz como você mesmo disse
Alguém deve dormir e que seja feliz então

Quem sabe um dia eu me levanto
Você tinha tudo nas mãos até mesmo meu coração
Você ganhou parabéns!
Ocorreu um erro neste gadget