quinta-feira, 16 de agosto de 2012

O Profeta e a Pedra Preciosa

Ele queria encontrá-la...
Ela ansiava pela sua chegada...
Ele sentiu que era ela, quando nela tocou
Ela sentiu seus sentimentos quando viu seus olhos em direção à ela

Ele se aproximou dela no intuito de ver sua cor
Ela não conseguiu se esconder e desvendou o seu brilho ao vê-lo
Ele sabia que era ela
Ela tinha sonhado com ele

Ele Decidiu por ela quando teve certeza que ela estava lapidada
Ela decidiu por ele quando soube que ele amava o sol que refletia nela
Ele disse palavras certas a ela...
Ela sentiu segurança...

Ele afirmou o futuro...
Ela concordou com ele
Ele deixou ela segura
Ela decidiu brilhar para ele

Ela em tudo procurava um por que, mas com ele bastava
Ele sempre tem as respostas
E os dois assim se completam

Quando o profeta viu que ganhou do sol uma jóia, a jóia também percebeu que ganhou do sol um profeta...

E a jóia percebeu que a cor dos olhos do profeta brilhavam tanto que a própria pedra preciosa viu nos olhos dele que seu olhar era igual a outra jóia...
Uma cor tão linda que se assemelhava a mais bela esmeralda e se misturava ao brilho da Pedra...

A Pedra então aceitou ser entregue e ser cuidada por aquele ao qual a ela achou...

terça-feira, 14 de agosto de 2012



"Eu sempre quis alguém especial feito sobre medida para mim,
Mas nunca achei que houvesse alguém assim.
Eu sonhei, confiei, orei pro Senhor esperei o tempo Deus para mim.
Te amarei, estarei ao seu lado em quanto eu viver."
No Tempo de Deus - Link 4

sábado, 11 de agosto de 2012

Uma História


Fiquei aqui ensaiando o que te dizer quando resolveres aparecer...
Talvez eu olhe nos teus olhos e apenas te escute...
Ou olhe nos teus olhos e te responda tudo que me perguntares...
Os dias passam rápido e fui provada pelo tempo como você jamais suportasse

Te vejo muito além daquilo que você possa imaginar
Me desculpe se eu te tratar mal ou não me portar como você espera...
Realmente não sei qual reação vou ter
Hoje só sei chorar, só de pensar

Sinto tanta tua falta que brigo comigo mesmo
Se eu pudesse nunca ter te conhecido
Eu finjo isso que eu não te conheci
E o que eu vou te dizer, caso eu consiga falar?

Que eu já te perdoei, mas que você desapareça
Por que é ruim pra mim olhar alguém que eu queria amar
Em você encontrei coisas que tenho medo de não encontrar mais
Tem sido tão difícil, tem causado tanta dor

Eu não vou suportar ficar no mesmo lugar que você ficar
Então se quer meu bem, não se aproxima
Por que eu vou querer te proteger e sei que não posso
E não somos mais amigos e não quero mais me importar

Estava lembrando hoje quando te ouvi cantar, das músicas que cantávamos
Das canções que você me mostrou que pareciam tanto com a gente
Do dia que você disse que seu coração estava disponível
E espero que você não se aproxime mais

Que essa história fique por aqui e que eu não fique a te esperar...
Você se foi sem adeus então me deixe aqui quieta,
Nem um beijo de despedida, nada
Era melhor que você tivesse me esquecido
O meu mais que um amigo morreu deixei ele no cais e não vi ele partir...

Te Agradeço


Se eu fosse explicar a sensação de te olhar a primeira vez
 Cantaria uma canção que explicaria como te vi...
"Seus olhos são como espelhos d'água..."
Será que ainda é cedo será que você foi aquele que vi nos meus sonhos ao qual não via a face?

Tenho medo de tantas coisas, mas desejaria que fosse você...
Tem certas coisas no meu peito que refletem saudades
Uma solidão que me corrói...
Sabe? Quando todos vão embora e vejo que fico a sós.
Minha mente vira e tantas coisas vem de uma maneira tão errônea
Que me deixam triste, mas você é algo que esperei tanto tempo

Gostaria que fosse você aquele que mandasse meus fantasmas embora
Que me colocasse no colo e apenas me fizesse carinho sem perguntar nada
Aquele a quem eu pudesse realmente amar e suportar tudo
Conseguir adormeces nos teus braços e me sentir segura

Se não for você quero que saiba que teu olhar me trouxe esperança
Tuas perguntas me deixaram viva
Teu olhar em direção a mim despertou o que dormia
Tua história quebrou muito de mim

Mas se não fores tu, mesmo assim te agradeço...

domingo, 5 de agosto de 2012

.






...E ele vai tirar ela para dançar em um nível que só compete aos dois. *-*

Em desalinho

Junto ao silêncio da madrugada...
Sigo com parte vazia em mim
Em meio aos lençóis frios em noite quente
Busco não pensar... Mas é ato forçoso e falho.















Ao mesmo tempo em que a melancolia
aperta sem dó e se une ao sentimento de carência
A calmaria que brota no deserto me assegura que
serei bem mais feliz..
Não posso apresentar garantias palpáveis
Mas meu coração não nega a certeza de dias melhores...
E eu que já estive melhor, hoje, apenas sobrevivo em meio ao caos. Caos este que talvez exista apenas aqui dentro, exatamente, onde se cria aquele vazio angustiante.





E eu que tantas vezes te neguei importância, hoje, espero te ver chegar. Te desejo aqui pertinho.




- " I wait for you I promise you, Iwill... "
Ocorreu um erro neste gadget