quinta-feira, 16 de agosto de 2012

O Profeta e a Pedra Preciosa

Ele queria encontrá-la...
Ela ansiava pela sua chegada...
Ele sentiu que era ela, quando nela tocou
Ela sentiu seus sentimentos quando viu seus olhos em direção à ela

Ele se aproximou dela no intuito de ver sua cor
Ela não conseguiu se esconder e desvendou o seu brilho ao vê-lo
Ele sabia que era ela
Ela tinha sonhado com ele

Ele Decidiu por ela quando teve certeza que ela estava lapidada
Ela decidiu por ele quando soube que ele amava o sol que refletia nela
Ele disse palavras certas a ela...
Ela sentiu segurança...

Ele afirmou o futuro...
Ela concordou com ele
Ele deixou ela segura
Ela decidiu brilhar para ele

Ela em tudo procurava um por que, mas com ele bastava
Ele sempre tem as respostas
E os dois assim se completam

Quando o profeta viu que ganhou do sol uma jóia, a jóia também percebeu que ganhou do sol um profeta...

E a jóia percebeu que a cor dos olhos do profeta brilhavam tanto que a própria pedra preciosa viu nos olhos dele que seu olhar era igual a outra jóia...
Uma cor tão linda que se assemelhava a mais bela esmeralda e se misturava ao brilho da Pedra...

A Pedra então aceitou ser entregue e ser cuidada por aquele ao qual a ela achou...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget